Hospitais espirituais

0
117

Como na terra, no plano espiritual existem muitos hospitais, destinados, especialmente, para internar os recém-chegados do mundo físico, ainda não libertos dos longos e dolorosos tratamentos passados antes da desencarnação. O espírito André Luiz descreve no livro “Nosso Lar” o nosocômio em que começou a trabalhar, assim que se livrou dos primeiros tempos na região umbralina. Os recursos técnicos utilizados por médicos e enfermeiros espirituais são muito mais modernos do que os terrenos. O espírito do médico Leocádio José Corrêa utilizou durante a cirurgia do Marcelo, quando este era menino, aparelho que, segundo ele, a Terra só conheceria cinquenta anos depois.

A amiga Luiza Migliorini, ligada a uma casa espiritualista, revela que acima de Santo Ângelo existe um hospital socorrista chamado “São Francisco”, que é administrado pela Irmã Cordélia, um ente espiritual maravilhoso, abnegado, um espírito devotado para aqueles que partem daqui e aceitam socorro. Sim, porque há espíritos que rejeitam ajuda. Saíram do cenário terreno na mais completa ignorância da vida espiritual e ainda estão apegados a tolos conceitos cultivados por aqui. A propósito, recebi de uma leitora mensagem que merece reflexão de todos nós. A leitora e a mãe desencarnada residiram e trabalharam neste solo missioneiro por várias décadas, mas nunca entraram em casa espírita, como jamais leram alguma obra do Chico sobre a vida espiritual. Eis o que escreve a Margarida:

– Minha mãe desencarnou há dois anos e agora fiquei sabendo de que ela ainda continua acamada, num hospital. Não tem vontade de reagir ou talvez aceitar a nova situação em que vive. Está sendo medicada, mas não se ajuda. Como sempre dependeu de mim e era eu quem sempre estava com ela, creio que não consiga se desligar da vida física. Não sei exatamente se seriam estes os termos usados, mas é a primeira vez que me deparo com algo assim. A informação partiu de minha cunhada, que é médium espírita em Porto Alegre. Pelo que entendi, eu seria a pessoa que a mãe ainda está ligada, pois fiquei com ela até o fim dos seus dias terrenos.

Outro leitor, que pediu sigilo sobre sua identidade, porque seus familiares são católicos, quer saber o que acontece quando uma pessoa passa anos na cama, acometida de grau avançado de Alzheimer, totalmente alheia à realidade, vegetando durante anos e em que estado chega no outro lado da vida. É o caso da avó dele, desencarnada no ano passado, aos 92 anos de idade. Segundo ele, a vovó era católica fervorosa. O leitor quer saber se a avó continua com os mesmos sintomas da enfermidade que determinou a desencarnação. A resposta ao leitor se apoia em depoimentos de espíritos diversos, unânimes em dizer que os sintomas da enfermidade desaparecem por completo, não há mais dores. Mas há os espíritos ainda presos às sensações terrenas que necessitam pronta hospitalização. Talvez seja o caso dela.

A FRASE DO CHICO XAVIER, postada no Facebook por Lisiane Pavlak: Em minhas preces de todo dia, sempre peço coragem e paciência. Coragem para continuar superando as dificuldades do caminho naqueles que não me compreendem. E paciência, para não me entregar ao desânimo diante das minhas fraquezas.