O parteiro de 600 partos

0
134

Agenor Marciano, apelidado de Piaco, viveu mais de setenta anos no Rincão dos Morais, no município de São Miguel das Missões, e voltou ao plano espiritual. Cidadão de extrema simplicidade, que conheci pessoalmente, o Agenor, homem de fé raciocinada, obteve proezas incríveis ao substituir médicos em toda a área miguelina. Mesmo porque eram poucos os médicos atuantes no município.

Segundo César Medeiros Farias, o Agenor levou a efeito uns seiscentos partos, todos com êxito, sem complicações posteriores, o que é algo fantástico em se tratando de cidadão sem cursos especializados. Ao lado dele, no entanto, a indispensável assistência de médicos espirituais. Tudo sem visar recompensas financeiras, movido apenas pelo desejo de servir, num tempo de estradas poeirentas e mal conservadas.

Juarez Marciano, morador em São Miguel, sugere que o Agenor merecia uma estátua na cidade, pelo bem que espalhou a pessoas de todas as posições sociais e opções religiosas. Ele também foi o idealizador do hospital que bons serviços presta à população. Além dos partos, o Agenor também dava receitas e até mesmo fazia pequenas suturas. Possivelmente, tenha sido médico na vida anterior. Lucelaine de Oliveira Posser, agente comunitária de saúde em Restinga Seca, traz a sua contribuição:

– O Agenor fez o parto da minha irmã Denise Rith de Oliveira há 39 anos na Esquina Ezequiel.

Denise, professora na Escola Estadual Augusto do Nascimento e Silva, confirma a informação da Lucelaine e acrescenta:
– Sempre que eu encontrava o Piaco, pedia bênção para ele e agradecia por ele me ter trazido ao mundo. Sua história daria um livro, com certeza, para inspirar o bem nas pessoas.
Lá de Salvador, Bahia, o santo-angelense Gilberto Steinmetz concorda com a ideia da Denise:

– Que história linda, pessoas assim são anjos que vieram só pra dar lições e exemplos pra gente!!!

O desempenho do Agenor como parteiro é algo talvez inédito no Estado. Era a época das parteiras, sim, Mafalda Balle, sogra do militar Lory Domingues de Mattos, desfrutava de bastante prestígio profissional na cidade. Mas, parteiro, só mesmo o Agenor. Algo inadmissível nos dias de hoje. Algo que seria enquadrado no exercício ilegal da medicina. Mas o parteiro de São Miguel jamais foi acusado de qualquer ilícito penal. Bem ao contrário, ainda hoje só recebe vibrações positivas de agradecimento pelo bem praticado entre nós.

A FRASE DO ESPÍRITO EMMANUEL, psicografada pelo médium Chico Xavier, curtida por Rosa Kruel: “Esquece injúrias e ofensas. Não lastimes o passado. Não censures a ninguém. Segue sempre para diante e não temas. Deus vigia”.