Sempre por perto

0
143

Há poucos dias recebi sugestiva imagem no Facebook, encaminhada por Cristiane Cassel de Mamann, em que aparece criança de uns seis meses rindo para o espírito do avô, brincando com ela na cama. No caso, a imagem vale por mil palavras, não precisaria de mais nada, mas constam as seguintes, que correspondem à realidade:

– Mesmo que os olhos físicos não vejam, quem amamos e já partiu, está sempre por perto.

Ainda não totalmente materializadas, as crianças têm facilidade de enxergar e brincar com os desencarnados. Pois até domingo de manhã, quando estou digitando esta coluna já tinham ocorrido 739 compartilhamentos, em demonstração inequívoca de que a imagem mexeu com a sensibilidade de muita gente..

De Porto Alegre, a santo-angelense Leda Stocker Ries, casada com Wilibaldo Ries, que foi dono do supermercado Cocefel na Rua 25 de Julho, ficou sensibilizada e comentou a referida imagem:

– Não sei te explicar, mas sinto que as pessoas que já foram para a vida espiritual, estão sempre nos protegendo. Além dos meus pais (o estofador Reinoldo e Lora Stocker), também sinto a presença dos meus dois únicos irmãos Neda (que era casada com Augusto César Pereira dos Santos) e Hilton (piloto de aviação comercial).

Outro comentário veio da amiga Ethiane Albuquerque Severo:

– Eu tenho certeza que meu pai (Vivaldo Severo, primeiro proprietário da Farmácia Tiaraju) está sempre comigo!

Cada pessoa percebe a presença de desencarnados por perto, de maneira própria. Por objetos que, inexplicavelmente, despencam de uma prateleira, por odores típicos e até mesmo por leves toques de mão. Amiga da rede social, desconhecedora do mediunismo, dá seu depoimento a propósito;

– Esses dias eu estava fazendo almoço e senti cheiro estranho na cozinha. Em seguida, dedos que me tocavam na cintura. Olhei para todos os lados e não vi ninguém. O filho estava no quarto e perguntado respondeu que não tinha saído de lá. Aí rezei em pensamento pedindo ajuda e lágrimas correram pelo rosto.

Informada do seu potencial mediúnico, essa amiga resolveu partir para o esclarecimento, procurou uma casa espírita e já escreve assim:

– Estou procurando entender o mediunismo e vou me esforçar para desenvolver essa capacidade. Eu quero ajudar duas pessoas que me são muito caras: uma delas era amiga muito querida que, infelizmente, cometeu suicídio e a outra é o homem que eu amo.

A FRASE DO CHICO XAVIER, postada no Facebook por Terezinha Azzolin Nascimento: – Saudade é uma dor que fere nos dois mundos.