Vida complicada

0
48

No educandário chamado Terra ninguém se banha em água de rosas. De um modo ou de outro, cada ser humano coleciona situações desagradáveis ao longo do respectivo ciclo de vida. Fardos mais pesados, menos pesados, mas fardos, que cada um precisa carregar, com entendimento, sob pena de sérios prejuízos emocionais. Quem se questiona e busca respostas lógicas e sensatas, carrega o que lhe compete com mais facilidade, exatamente porque entende a causa originária das dificuldades A causa está em nós mesmos, em mais ninguém. Mentor espiritual nos convida a refletir sobre as pauladas da vida:

– O que você chama de problemas são lições.

Ex-aluna de Estágio na Faculdade de Direito de Santo Ângelo, advogada há muitos anos, fala de suas perplexidades pessoais na atual caminhada pelo planeta de provas e expiações. Pelo correio eletrônico, a colega desabafa:

– As vidas terrenas são complicadas. A minha, pelo menos, é. Ainda bem que consigo levar com pragmatismo. Tento interpretar o script, matar as charadas e escapar das pegadinhas.

Os problemas-lições requerem a compreensão de que ontem já peregrinamos por aqui, hoje vivemos outra fase e amanhã estaremos de volta por aqui, na sequência das vidas sucessivas. Agora estamos protegidos pela bênção do esquecimento, mas as complicações atuais podem ter começado na vida passada, envolvendo os mesmos personagens do script de hoje. Todos agora com outros nomes e outros papéis, mas os mesmos artistas, envolvidos agora num enredo diferente, é claro. A vida pessoal complicada da colega não está acontecendo por acaso, simplesmente porque nada ocorre por acaso na vida de qualquer um de nós.

Quem desconhece as leis naturais que nos regem anda pelo planeta de olhos vendados. Tudo é escuridão para ele. Não é capaz de andar sozinho, precisa ser amparado, sob pena de tropeços e quedas que trarão evidentes prejuízos para a integridade física. Nós precisamos tirar a venda dos olhos para sairmos da escuridão e encontrarmos a Luz. Nós precisamos conhecer e estudar as leis naturais que presidem nossas vidas, de todos nós, sem exceção. Tenho certeza que a colega, detentora de bom patrimônio cultural, logo tirará a venda dos olhos e despertará para os ensinamentos que clareiam nossas mentes. O script estará escancarado, as charadas estarão entendidas e as pegadinhas ficarão no passado.

Como está indo o seu script, caro leitor?

O CONSELHO DO ESPÍRITO ANDRÉ LUIZ: “Trate os íntimos com a mesma educação que você mostra em outros ambientes. Faça o compromisso de se melhorar de acordo com o Evangelho de Jesus e não finja a evolução que você ainda não tem. Santidade de fachada é perda de tempo”.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here