Evangelhos apócrifos

0
134

É chegar o Natal e começam as recorrências sobre a história de Jesus Cristo. Sua figura mística é colocada à prova. Neste entrechoque de versões, voltam à tona os evangelhos apócrificos. Neles, estaria escrito que Jesus foi casado com Maria Madalena, com a qual teve um filho, que não morreu na Cruz, nem ressuscitou.
Tais evangelhos teriam ficado fora da Bíblia que conhecemos, mas são revividos nas datas cristãs, como as de final de ano, não se sabe a que propósito.

Evangelhos apócrifos II
Ainda assim – e talvez por isso –, a fé cresce a cada ano.
Os evangelhos apócrifos são desconsiderados e todos preferem reviver o nascimento de Jesus em uma manjedoura, cercado por pastores e animais, e que uma estrela e os Três Reis Magos vieram adorá-lo. Preparemo-nos para mais um Natal e todo o seu espírito, que provoca no cristão o amor ao próximo e os desejos de que no seu transcurso traga mais luz, paz e amor à humanidade.

Aeroporto
Mais uma semana em Santo Ângelo e, noto, novos problemas afligem a comunidade. Um, o Aeroporto em obras intermináveis e as posições discordantes dos agentes do governo e da aérea técnica.
Há os que entendem que possa ser entregue para uso ainda em 2014 e outros em 2015.
Enquanto isto, Santo Ângelo fica sem poder usar um dos meios mais modernos de transporte, a aviação comercial.

Sartori
Os dias têm sido de muito trabalho para a equipe do futuro governo estadual. Além de buscar os melhores quadros da futura base aliada, para a formação do secretariado, o governador eleito José Ivo Sartori e sua equipe econômica buscam equacionar os problemas da área.
Já se sabe que não poderá contar com recursos até hoje irrigando o Tesouro, como sacar dos depósitos judiciais, cuja cota chegou ao limite.
Também não poderá contar com um caixa folgado, pois o déficit a ser passado por Tarso a Sartori excede os R$ 3 bilhões.

Sartori II
Empréstimos novos parecem fora de cogitação, ao menos no início do mandato. Todos esses pontos negativos terão de ser ultrapassados com criatividade, sendo, portanto, bem-recebidos os encontros temáticos realizados pela equipe formada para fazer um raio-X das finanças do RS.
Como ‘Sartorão’ não teve vida fácil quando na Prefeitura de Caxias também sucedeu o PT, como daquela vez terá de usar criatividade e seus dotes de administrador capazes de transformar ‘um limão numa limonada’.

Deputados
Máxima de que viver da política não dava segurança econômico-financeira a ninguém ao deixá-la parece estar com os dias contados.
Ao menos se infere da proposta da Mesa do Legislativo gaúcho e defendida pelo seu presidente, Gilmar Sossella, e aprovada na sessão de terça-feira, 25. Polêmico, o projeto prevê aposentadoria especial aos parlamentares, alterando o atual regime.
O deputado, ao defender o polêmico projeto, utilizou comparações com outros poderes e instituições, caso de juízes e promotores.

Deputados II
Para Sossella, custo de 55 deputados é infinitamente menor do que pagar a mais de mil juízes e mil promotores.
Apesar da defesa e das comparações, o projeto foi torpedeado por outros deputados, como os do PT, que o consideraram imoral e negaram os princípios da impessoalidade, votando contra.
Projeto pretende que os deputados levem na aposentadoria a totalidade dos seus vencimentos. Atualmente, salário mensal de um parlamentar é de R$ 20.042,34, mas deve ser ampliado antes do início do recesso.
Governador Tarso Genro terá 15 dias para sancioná-lo ou vetá-lo. Se vetado com a vantagem que teve no plenário, poderá ser derrubado.

Petrolão
Desde que o tesoureiro nacional do PT, João Vaccari Neto, foi denunciado como o elo entre as empresas contratadas pela Petrobras e exigia pagamento obrigatório de parcela destinada ao caixa paralelo, que fornia os aliados, ele se constitui numa pedra no sapato dos petistas que não compactuam com o escândalo.
Agora foi a vez de o governador Tarso Genro repudiar as ações do tesoureiro-geral do partido, dizendo que, comprovadas as gravíssimas acusações, deve ser expulso do PT.
Vê-se, nem todos os petistas preferem ‘tapar o sol com a peneira’.
Ainda sobre o petrolão, outro nome forte do PT, senador Humberto Costa, está negando ter recebido propina de R$ 1 milhão.
Costa vai mais longe a ponto de sugerir a quebra de sigilos. Que seja quebrado!

Posto
Posto de Saúde da 22 de Março dando dores de cabeça às autoridades e preocupação à comunidade. Nas redes sociais, sobram postagens e abaixo-assinados contra um suposto fechamento. Seria importante nota oficial do Executivo a respeito.

Rigotti
Renato Rigotti na cidade defendendo suas ideias e sua luta contra o álcool e a drogadição. Retorna brevemente a Balneário Camboriú, onde lançará seu novo trabalho, um audiobook, chamado de ‘A Escrava da Ilusão’.
Rigotti revela tratar-se de uma história real vivida há quatro anos no município, baseada na convivência com uma mulher alcoólatra e drogada. Conta que o trabalho foi analisado pelo Conselho Municipal Antidrogas (Comad).
Autor atualmente realiza palestras em complexos penitenciários e colégios municipais, batendo na prevenção ao alcoolismo e drogas. Renato Rigotti, que é músico, além das palestras, se dedica à realização de shows pela orla marítima catarinense.