Pedro Belmonte

0
107

Fala-se no fim do mundo. Passou o Halley, continuamos vivos. Penso continuaremos vivos bem além do dia 21, data final do Calendário Maia****Marisa e Marcos Meneghetti convidando ao ‘Amambu Café’, Sarmento Leite, 830. Geraldo Machado, Tadeu Rolim, Oliveira Júnior, Dílson e Paulo Pinheiro Machado e Santo Rebelato Júnior, estiveram lá. Vá antes que o mundo acabe!…****Diretor do ‘TV Xuxa’ chamou de retardado quem vê o Pica-Pau. Sandice decorre da maior audiência do desenho sobre o programa. Em vez de vomitar insultos, Mario Meirelles deveria melhorá-lo. Ou largá-lo****Há semanas listei prefeitos eleitos desde 1968. Omiti que Siegfried Ritter renunciou para concorrer a deputado federal, em 1974, assumindo o vice, Alcebíades de Oliveira****Dilma sabia da operação Porto Seguro? Dizem que sim, deixando avançar, cansada das ingerências de Lula da Silva no governo****Empossado quarta, 12, santo-angelense Augusto Nardes, presidente do TCU. Mandato é de dois anos****Ex-prefeito e deputado, Mauro Azeredo convidado a participar dia 27, em Cerro Largo, da inauguração da Casa da AMM. Continua prestigiado!

2060 – Isaac Newton, matemático, físico e astrônomo dedicou sua vida à ciência, estudar símbolos e datas que conduziriam ao fim dos tempos.

Como Nostradamus, considerava a terra perecível, calculando sua destruição em 2060, contrariando atuais previsões.

Cálculos baseiam-se na Bíblia, nas profecias de Daniel, no Apocalipse e ‘Livro das Revelações’: durante confrontos na ‘Terra Santa’, ocorrerá grande explosão nuclear, transformando o planeta numa ‘Estrela Errante’.

Maçã – Newton intitulou os estudos de ‘Histórias de Coisas Por Vir’. Jamais os revelou temendo ser acusado de herege.

O gênio é autor de ‘Princípios Matemáticos da Filosofia Natural’, constante das três leis de movimento.

Conclusão mais popular é a da maçã caindo da árvore. Imaginou uma força puxando-a para a terra. Também poderia estar puxando a lua evitando que saísse de órbita!

Balanço – Prefeito Eduardo Debacco Loureiro, enquanto prepara-se para passar o cargo, fez à coluna um balanço dos seus oito anos.

Pergunta obrigatória: dentre os projetos realizados quais os mais importantes?

“Foram vários. Vou citar alguns, pelo potencial de gerar um forte impacto no desenvolvimento do município: o Ifet, que se encontra em implantação (uma das maiores conquistas da história de Santo Ângelo); a recuperação completa do Hospital Santo Ângelo (ação liderada pela prefeitura, mas que contou com o apoio e parceria de outras esferas de governo e setores da sociedade); a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 horas, em implantação no Bairro Pippi; a Perimetral Norte; o asfaltamento para Buriti; a revitalização do Centro Histórico; a reconstrução do Ginásio Marcelo Mioso; o projeto de mobilidade urbana apresentado ao governo federal (Pró-Transporte), que prevê investimentos de R$ 27 milhões; além dos projetos habitacionais que estão possibilitando a construção de 3 mil moradias’’.

Satisfeito – O prefeito Loureiro diz que sai muito satisfeito com os resultados obtidos.

“Claro que gostaria de ter feito mais em todas as áreas. Alguns projetos de grande porte não puderam ser concluídos na nossa Administração, como a instalação do campus do Ifet, a reforma do aeroporto e as obras de infraestrutura do programa Pró-Transporte, por conta dos trâmites burocráticos e da demora na elaboração dos projetos. Mas deixamos tudo muito bem encaminhado para serem concluídos no próximo ano’’.

Títulos – Eduardo Loureiro ganhou vários títulos, durante seus anos de administração.

“Além do Prefeito Empreendedor, do Sebrae, recebi o Prêmio Gestor Público, do Sindaf, o título Prefeito Amigo da Criança, da Fundação Abrinq e o Prêmio Mérito em Administração – Administrador do Ano, do Conselho Regional de Administração (CRA-RS) ’’.

Paralelo – Entre o Santo Ângelo herdado e o legado ao sucessor, diz que deixará um município muito melhor do que há 8 anos.

“Melhor na saúde, em função da recuperação do HSA, da UPA, do novo Centro de Saúde e de inúmeros novos serviços que foram implantados (Samu, CEO, Centro de Equoterapia, Centro de Oftalmologia, UTI Neonatal, UTI 2, 2 novas CAPS, etc.); melhor na educação, em função da conquista do Ifet, do Colégio Tiradentes, da implantação da Escola de Tempo Integral e dos grandes investimentos na rede municipal de ensino; melhor na habitação, afinal foram dezenas de projetos que estão viabilizando a construção de 3 mil novas moradias; melhor na infraestrutura urbana, por conta da construção da Perimetral, da Estação de Tratamento de Esgoto, da revitalização do Centro Histórico, da reconstrução do Ginásio Marcelo Mioso, da construção de pavimentação asfáltica e calçamento em mais de 700 quadras, do asfaltamento entre Santo Ângelo e Catuípe, dos recursos já garantidos para a reforma e ampliação do Aeroporto Regional, da renovação do parque de máquinas da prefeitura (foram investidos quase 4 milhões de reais); melhor em geração de renda, em função da criação de quase 5 mil novos postos de trabalho (dados oficiais do Caged – Ministério do Trabalho); enfim, melhor em todos os aspectos.

Para a futura Administração, vamos deixar mais de 40 projetos em andamento nas mais diferentes áreas, que contam com recursos garantidos. Todos esses investimentos somados chegam a R$ 90 milhões de reais. Muitas dessas obras já começaram; outras, por conta dos trâmites burocráticos, ainda não, mas todas elas serão concluídas a partir do ano que vem”.

Deputado – Em 2014, informa que se colocará à disposição do partido para concorrer a deputado estadual. “A região precisa recuperar a sua representação política” – advertiu.

Após deixar a Prefeitura, pretende se dedicar à atividade empresarial.

“Tenho alguns projetos que quero desenvolver nesta área. Paralelo a isso, como coordenador regional do PDT, vou colaborar com a organização do partido, em Santo Ângelo e na região”.

Reflexão de fim de semana – “A gente tem que sonhar, senão as coisas não acontecem”. (Oscar Niemeyer)