Tragédia

0
110

“Morre cedo o que os deuses amam” – escreveu Fernando Pessoa.
Como outras frases ditas por anônimos ou políticos e autoridades, a do intelectual português pode dimensionar o lamento pela morte do jovem candidato à Presidência da República, em acidente aéreo, dia 13.

Tragédia II
Eduardo Campos era político moderno, promissor e uma concreta terceira via. Havia nele diferenciais da maioria da classe.
Os fados o favoreciam, ajudados por muito trabalho. Um homem de esquerda com trânsito na direita, sem constrangimentos mútuos. Rompeu com o governo Dilma, no início do ano, seguindo seu caminho.

Tragédia III
Neto de Miguel Arraes arrancou estultices como de Lula da Silva, comparando-o a Fernando Collor.
Por interesses óbvios, após a trágica queda do jatinho, essa desairosa e precipitada comparação foi substituída pelos elogios.
Como o povo não esquece, ele e Dilma acabaram vaiados no velório.

Tragédia IV
Pensamentos conspiratórios assaltam as cabeças dos brasileiros comuns aos gabinetes.
Desejo popular é ver apuradas as causas da tragédia, apesar das dificuldades impostas pela Lei 12.970, sancionada dias antes que o avião se espatifasse contra o solo, tornando sigilosas as investigações de acidentes aéreos e dos problemas com as caixas-pretas. Há muitas contradições.

Tragédia V
Agosto é de repetidas más lembranças à politica.
Getúlio se suicidou, em 1954; em 1961, Jânio renunciou seguido do Movimento da Legalidade e três anos mais tarde, eclodiu uma Revolução, cujos erros e acertos até hoje são contabilizados.
Como se diz na fronteira-oeste gaúcha, agosto é ‘do desgosto’, ‘do cachorro louco’.
Crendices a parte, não é auspicioso aos políticos.

Ecologia
Objetivando incentivar a reciclagem e acrescentar renda à população carente, projeto do vereador e presidente do Legislativo, Vinícius Makvitz, institui confecção de vassouras ecológicas, com materiais recicláveis.
Empresa Vonpar se associou ao projeto que colaborará com a geração de renda e o meio ambiente.

Dívida
Contribuintes em débito com tributos municipais podem evitar cobrança judicial, regularizando situação com 100% de desconto de juros e multas, pagamento à vista. Parcelado em 12, 24 e 36 vezes, descontos respectivos de 80, 50 e 30%.
Conforme a Secretaria da Fazenda, serve para qualquer tipo de débito.
Dívida nos últimos 5 anos ultrapassa R$ 18 milhões.

Estatal
Repercute negativamente junto a técnicos e quem lida com agronegócio, pretendida construção de fábricas cubanas de insumos biológicos no RS.
Cubanos tencionam criar micro-organismos, substituindo defensivos agrícolas e fertilizantes, como o Nitrofix, para fixar nitrogênio no solo, de efeitos não comprovados.
Lá, produção de soja não chega a 20 sacas. Aqui está ao redor de 50.
Investimentos custarão aos contribuintes 60 milhões de dólares.

Jantar
Custando R$ 40,00, à venda convites ao jantar da Associação dos Santo-angelenses.
Os Fugitivos e Ricardo Lunkes & Banda serão atrações do encontro previsto para 26 de setembro, às 19h30min na Casa do Gaúcho, Porto Alegre.
Contatos com Marisa Meneghetti, Amambu Café, Sarmento Leite, 830, telefone (51) 9844-7782 ou integrantes da diretoria: Leleco (51) 8132-8587, Joseane (51) 9816-5637, Yole (51) 9716-9636, Aldina (51) 9114-9520 e Jesus (51) 9667-0226.

Getúlio
Chegando ao portão do colégio Sagrado Coração de Jesus, não passei dele. Aulas suspensas. Morrera o presidente Getúlio Vargas.
Aos dez anos o que sabia dele (contado pelos mais velhos), era sua participação na transformação de um país rural em industrial.
Meu avô materno, Diocleciano, vivera próximo de Vargas, remontando ao 7º Corpo Auxiliar Provisório, formado quase todo por são-borjenses, na Revolução de 1923, comandado por ele, tenente-coronel-provisório. Meu avô foi major-provisório.
Quando Getúlio criou PTB e PSD, ele ficou com o irmão mais velho, Protásio Vargas, no PSD.

Getúlio II
Em 1950, fez 49% dos votos válidos, provocando campanha contra ele sob a alegação de não obter maioria absoluta.
Conciliador formou ministério incluindo seus opositores udenistas. Teve enfrentamentos com o jornalista Carlos Lacerda, que na campanha pregava: “Se eleito, não deve ser empossado; empossado devemos recorrer à revolução para impedi-lo de governar”.
Getúlio possuía ligação genuína com o povo. Foi considerado ‘pai dos pobres’.
Em 1953, seu ministro do Trabalho, João Goulart, dobrou o salário mínimo para garantir poder de compra aos trabalhadores. Teve de demiti-lo devido à reação violenta dos adversários.

Getúlio III
Ao criar a Petrobras, aumentou a oposição interna e externa.
Visionário, antes da posse acertara com Juan Peron um bloco reunindo Brasil, Argentina e Chile, antecipando o Mercosul. Foi rechaçado pelo Congresso. Chefes militares pediam sua renúncia.
Decorrente de plano urdido nos porões do Catete, o major da aeronáutica, Rubens Vaz, foi morto e Lacerda ferido, no chamado ‘Atentado da Rua Tonelero’, aumentando suas dificuldades.
Homem de fronteira era altivo. Acabou surpreendendo com o suicídio. Entre 7h e 8h30min da terça-feira, 24 de agosto de 1954, um tiro de revolver 32 à altura do coração, colocava um fim na vida.

Diversas
Trechos da entrevista de Eduardo Campos, na véspera de falecer: “Não vamos desistir do Brasil. Eu quero representar a sua indignação. É preciso coragem para mudar. O Brasil tem jeito.”.
*****Brasileiro já pagou mais de um trilhão de reais em impostos. 53,79% dessa arrecadação são dos que recebem 3 salários-mínimos.
*****Pesquisa Datafolha, publicada segunda-feira, 18, com Marina concorrendo, demonstra que haverá 2º turno.
*****Tentando diminuir criminalidade na Capital, 150 brigadianos do interior reforçarão policiamento. Comando diz que essas cidades não ficarão despoliciadas. A conferir!
*****Blog do Políbio Braga: “Tarso pressiona a Band para não publicar pesquisa com vitória acachapante de Ana Amélia.” Governador se espantou com pesquisa Methodus, apontando 42% a Ana Amélia e 30% a ele!
*****Dilma se negou a comentar na entrevista ao JN sobre condenados do mensalão serem considerados heróis.
******Gaúcho Beto Albuquerque será vice de Marina.