De curtinhas em curtinhas

0
182

Internet para todos, sem limitação, mas limitada nos limites dos interesses;
Falando em internet, este serviço anda muito aquém do desejado, hoje, somente na esfera do judiciário, nas tantas áreas, há consumo elevadíssimo, contudo, a oferta anda muito menor do que o consumo! Nesse sentido, pelas perdas de prazos, quem responderá?
A ideologia democrática é um largo, sonhado coletivamente, mas reduzido ao piquete da individualidade! Dúvidas, os camaradas de Havana, eram muitos, com o poder na mão, com quem ficou o poder?
A personalidade mostra a sua cara, quando o sujeito é exigido publicamente;
Faça o que digo, mas não faça o que eu faço, permite muitas interpretações;
Em meio a multidão se escondem os covardes, os valentões que sucumbem no frente a frente;
Cobrar de outrem suas responsabilidades, presume, estar rigorosamente em dia com tua consciência;
Mamar na teta alheia é atitude de graxains, pois estarás logrando o teu semelhante;
Defender a democracia internamente, com todos os rancores, armas e convicções, transforma alguns em “arautos libertários,” entretanto, defensores de ditadurasem outros solos, demonstra a ausência de personalidade;
Zelar, assumir, defender o erário e outros bens públicos é dever diligente do dirigente!
És teu próprio herói, porque ao Borrar os teus fundilhos!Quem louvará tua imagem;
Atribuir a um Poder, a responsabilidade por tuas desvirtudes, demonstra teu endereço;
Formar um esquadrão para atender os teus desmandos, deslustram tua suntuosidade;
Ao pregares teus conceitos, tuas preces, nem sempre pregas os teus reais objetivos;
As vestes guardam os corpos pobres e nobres, a verdade se aloja na tua fortaleza;
Ao cantares o cantar alheio, teus fãs, indiretamente, aplaudem outro cantador;   
Personalidade, é algo próprio, não se compra bolicho, nem mesmo em feira livre;
Aquele que anda a reboque de outrem, estarásempre a beira do colapso alheio;
Tratar burro a pão de ló é o mesmo que lavar cabeça de cavalo com sabonete (BZD);
Servir-se do ilícito, é lícito? Dura eternamente ou estará a mercê da primeira esquina?
Tudo sabes tudo podes, tudo fazes, tudo comandas, tudo queres, mas alguém ainda te quer?
Tua vitrine está na tua própria estampa, inteira, quebradiça, irrecuperável, reformável!
O doce do néctar e o amargo do fel, contrastam entre si, mas unem nos extremos!
Os registros, os estardalhaços de hoje, podem se apresentar a ti mesmo, amanhã!
Rir é uma concepção de vida, chorar, por igual, um vêm antes, outro, depois!
A Lua e Vênus, enamorados eternos, vez por outra, se enlaçam pelas ilhargas.   
Aquilo que obterdes de forma equivocada, alguém vingará, a qualquer momento.