Moderação Futura

0
383

Ousar aprender, com quem sabe ensinar! O maior professor deste universo, ao nosso perceber é a própria vida de cada indivíduo. Pequeninos, necessitamos de uma mão amiga, para nos por e manter em pé, nas enfermidades isso também se mostra real, quando longevos, por igual, se impõe um amparo, embora, pelo que o cotidiano mostra, há um relutar, em aceitar um amparo, todavia compreensível. Em todo o percurso de nossa caminhada, há espaço para colher e efetivamente colhemos, segundo os nossos interesses, ainda assim, o descartado resta plantado na memória. Ao nosso dispor!

Rezar sobre o atual cenário é extremamente desgastante e somente incursar nele, desagrada. Vai um destaque pela forma A moderada e responsável demonstrada na esfera local, por alguns ligados diretamente a área de saúde e das áreas correlacionadas, na questão estruturante, para, em caso de eventual acentuação epidêmica, tivéssemos o mínimo exigível, em momento algum, exagerou (ram).

Nas suas declarações, o Secretário da Saúde, Luís Carlos Cavalheiro, sempre se mostrou comedido, centrado, atualizado, sem levar pânico à sociedade. Esse é o comportamento desejável de um agente público, em situações qual a presente. No mesmo sentido, agem as autoridades e o Comitê local.

Por outra banda, no que tange a experiências profissionais, outro cidadão da área médica tem expendido algumas manifestações, conhecimentos de vital importância, adquiridos na vida e no exercício de cargos, informações adequadas e fundamentadas. Sem ser fã, ouvi e assisti vídeos, e, até o momento, acertou em tudo. ao espalhar o pavor aos quatro ventos, a sociedade surta, as pessoas fraquejam. Prato cheio, para quem deseja se apropriar do nosso corpo.

A moderação é o ponto de equilíbrio social. No que condiz ao alimentar, ela se manifesta através do saciar da fome. Ressoam nos ares, manifestações de recolhimento ao lar, prudente!? As experiências de hoje, dirão, no amanhã, quanto aos métodos adotados. Daí a vida lecionando no largo do tempo. O bom nisso tudo, é o amanhã! Ele está nos esperando com sorrisos gigantes, um Sol encantador, as águas cascateiras eternando momentos, pessoas em extenuados abraços, mãos dadas revalidando a vida!

A moderação futura está na cidade nova, futura cidade, num tempo novo, com perspectivas alvissareiras, locais convidativos, aconchegantes, extremados em beleza, leveza, plenitude de vida. Locais floridos, borboletas sedentas de néctar, águas correntes e torrentes, novos plantares, outras modalidades de entretenimento, pessoas com atitudes saudáveis, perfumadas de fragrâncias da primeira pessoa do plural, onde o “eu” será um ilustre desconhecido. O convite está lançado, daqui a alguns dias, a estação nova brilhará, você está convidado. Risos multiplicados, risos de multidão!

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here