Número de presos no Brasil chega a quase meio milhão

0
132

A questão social do Brasil – “nunca na história deste país” –, se apresentou tão alarmante quanto nestes últimos anos. Falastrões comentam a todo dia e toda hora, da mudança social no país e dizem que isso ocorre a olhos vistos. O leitor também identifica essa situação? Em todas as direções os problemas são visíveis, notórios, impactantes e até mesmo cruciais. As soluções? Apenas para alguns espertinhos e suas proles as situações se modificam de forma extraordinária!

Soluções! PAC 1, PAC 2, e pague ó contribuinte, os custos dos desvios de verbas e o enriquecimento ilícito de alguns. Se não recolher ao leão, os agentes do setor vão, por vias de obrigação, cobrar! Quando os agentes do setor específico verificam dados de certos figurões, ao agir, imediatamente, são advertidos da ilicitude de suas ações, mas se agirem sobre os trabalhadores/assalariados, aí, bem aí a atuação é válida, justa e se enquadra no estrito cumprimento do dever. Estranha-se que as pessoas incluídas no rol daqueles que em poucos anos se tornaram milionários ou multimilionários, ainda cantam serenatas nas janelas! Mas nunca nesse…!

Sempre é de bom alvitre avivar as mentes que a responsabilidade pelos atos dos nossos representantes políticos e em parte, pelos integrantes do Poder Judiciário são da nossa alçada. Calma leitor sabemos que vais dizer que não tens o poder de indicar ou nomear ministros de governo e das altas cortes! Mas deves lembrar que cabe ao presidente ou presidente essa tarefa, logo, indiretamente, indicastes tu, esse ou aquele, considerando a outorga pelo voto!

O voto obrigatório é a maior afronta com a sempre dita liberdade cidadã, da nossa Constituição, aliás, essa – Constituição –, tornamos a referir: merece um olhar profundo! O leitor domina a matéria concernente ao sistema carcerário brasileiro, todavia, há que se olhar ao mote da situação social (nunca nesse país…), massa da qual, em torno de meio milhão de pessoas se encontra encarcerada. Apenas 500.000 pessoas, mais ou menos, apenas (sem contar com os últimos apenados)! Essa coletividade está frequentando a maior e “melhor escola desse país”. Aliás, alguns desses integrantes se encontram alojados em hotéis quase luxuosos, com a exploração terceirizada. Enquanto isso, outros se encontram empilhados sobre si.

O mais alarmante nos dados acessados, está no fato de que 29,6 por cento da massa carcerária se constitui da camada com faixa etária entre 18 e 24 anos, isso pode não impactar muita gente, porém, deixa cristalizado aos observadores sociais, pois, as políticas sociais, nitidamente, fracassaram! Quais as medidas adotadas nos últimos anos que apresentam resultados positivos? É preocupante a delinquência na faixa etária acima, eis que se encaixa no ECA, contudo, a legislação por si só, não é a responsável, todavia, influi e influi e seus reflexos já mostraram e continuam a mostrar a outra face. Concomitante a isso, vê-se que as políticas sociais das duas últimas décadas, sucumbiram! No entanto, as poucas vozes que se levantaram contrárias, foram sufocadas, esmagadas!

A urgência mandou recado, dando ciência aos responsáveis pelas ações sociais e aos legisladores brasileiros, que a captação do futuro voto, deveria ser a última busca, jamais, a primeira atitude.