Virtudes

0
145

Segundo nos ensina o dicionário: Virtude, s.f. disposição habitual para o bem, para o que é justo; excelência moral, probidade, retidão; ato virtuoso; castidade; modo austero de vida; o conjunto de todas as boas qualidades morais; qualidade própria para produzir certos e determinados resultados; propriedade; eficácia; validade e força.

Alguns nomes notórios expressaram frases de efeito sobre a virtude, passíveis de destaque, vejamos: A humildade é a única base sólida de todas as virtudes – Confúcio. É pelas próprias virtudes que se é mais bem castigado – Friedrich Nietzsche. As falhas dos homens eternizam-se no bronze, as suas virtudes escrevemos na água – William Shakespeare. A consciência é a estrutura das virtudes – Francis Bacon. A paciência é a mais heróica das virtudes, justamente por não ter nenhuma aparência heróica – Giacomo Leopardi.

Ainda que haja uma infinidade de exemplos plantados ao longo dos tempos, trouxemos mais estas expressões: Uma indiferença pacífica é a mais sábia das virtudes – Blaise Pascal. Perdoar aos nossos inimigos as suas virtudes – este, sim, é um grande milagre – Voltaire. O homem que honra a si mesmo é capaz de ver as virtudes de outro homem – José Martí. Nem o ódio nem a lisonja são cristais fiéis: adulteram a verdade; aquele das virtudes faz vícios, e esta, dos vícios, virtudes – Baltasar Gracián y Morales. Assim como o amor de Deus é raiz de todas as virtudes, assim o amor-próprio é a de todos os vícios – Padre Manuel Bernardes. A prudência é o olho de todas as virtudes – Pitágoras.

A virtude das cultivares está no alimento que produz, afugentando a fome de bilhares. Da água, na sede que sacia, na irrigação das plantares, no solo que encharca, robustecendo os mananciais, mantendo o nível dos afluentes e dos portentosos rios, mares e oceanos.

Segundo os tropeiros, as mulas foram utilizadas para o transporte de cargas, nos tempos idos, diante da sua força e resistência, ainda que pequeninas no porte. Ao Martin Pescador, atribuem virtudes no longo bico, para prover o próprio sustento nos mergulhos, facilitando-lhe a pesca.

A virtude somente tem conotação por haver o contraponto – desvirtude! Essa se manifesta de forma mais contundente e insensata! A desvirtude impede o normal raciocínio e impõe as inverdades. Contudo, isso é preciso ser compreendido diante da heterogeneidade dos seres. Todos nós viemos a esse plano para nos purificarmos e assim, no momento seguinte, partirmos para outro, mais evoluídos. Todavia, algumas pessoas já vêm com uma aura muitíssimo mais avançada, razão pela qual, tem o proceder mais elevado, sereno, digno, sem soberba, parecem anjos, e sem holofotes convergem pelo coletivo.

Atribuir máculas às pessoas seria uma virtude? Descolorir a verdade e soprar ventos impuros jamais encontrará as portas dos céus escancaradas! Ou seria diferente? Pintar a mata de amarelo seria uma virtude? È lindo quando verificamos a existência de pessoas ilibadas, corretas, honestas, competentes, leais e habilidosas, vivendo entre a massa contaminada, mas ainda assim, agindo com uma pureza angelical, uma lástima quando essas virtudes não são vistas.