UFFS Cerro Largo instala Estações meteorológicas em municípios das Missões

0
185
Anderson Spohr Nedel, coordenador da pesquisa, diz que projeto tem como objetivo avaliar a influência do conforto térmico humano (ou desconforto) nesta região e a relação com problemas respiratórios em crianças e idosos, considerando cenários climáticos atual e projeções futuras. Foto: Divulgação/UFFS

Nove municípios da região das Missões receberão Estações Meteorológicas Automáticas. Instalação dessas estações faz parte do projeto de Pesquisa da UFFS – Campus Cerro Largo: “Conforto térmico humano na região das missões do Rio Grande do Sul e a relação com doenças respiratórias”.

Unidades irão avaliar variáveis como temperatura, umidade do ar, pressão atmosférica, precipitação, vento, além da sensação térmica. Cerro Largo, Guarani das Missões, Caibaté, Porto Xavier e Roque Gonzales já receberam a instalação dos equipamentos.

O professor Anderson Spohr Nedel, coordenador da pesquisa, diz que projeto tem como objetivo avaliar a influência do conforto térmico humano (ou desconforto) nesta região e a relação com problemas respiratórios em crianças e idosos, considerando cenários climáticos atual e projeções futuras. Anderson afirma que o Rio Grande do Sul possui condições de Tempo muito variáveis, com temperaturas no verão que podem chegar próximo aos 40 graus Celsius e abaixo de zero grau no inverno, bem como mudanças bruscas nas condições de Tempo “que exercem enorme impacto à saúde humana”, afirma.

Desta forma, o projeto vai relacionar dados disponibilizados por estas estações com o banco de dados do Sistema Único de Saúde (DATASUS), do Ministério da Saúde Brasileiro. “Futuramente, pode-se, por exemplo, buscar desenvolver um ´sistema de alerta´ antecipando assim, períodos favoráveis ao surgimento de complicações respiratórias e o consequente aumento das internações hospitalares”, projeta Anderson. A ideia é que haja estações em pontos principais da região que englobem os setores Norte, Sul, Leste e Oeste da região das missões, e em cidades que disponham de hospital, para que se possa fazer o levantamento de tais informações.

Os dados destas estações já instaladas podem ser acessados por toda a comunidade no site: www.wunderground.com. Elas são atualizadas a cada instante e a população pode acompanhar, em tempo real, as condições do Tempo em sua cidade, bem como observar, por meio de gráficos a situação comportamento das condições atmosféricas dos dias, semanas e meses anteriores. Em breve, os dados ficarão disponibilizados no site da UFFS, em endereço a ser informado.

O projeto conta ainda com a participação da aluna do curso de Engenharia Ambiental e Sanitária, Camila Guerim.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here