Asaf é derrota por 6 a 4 em Nova Prata

0
102

No último sábado, a Asaf acabou derrotada pelo União, de Nova Prata, por 6 a 4, em uma partida marcada pelos erros de arbitragem.
O União teve ao seu favor, na segunda etapa, seis cobranças de tiro-livre, sendo que três foram convertidos. “Fomos derrotados pela arbitragem, tínhamos o jogo sob controle, mas a arbitragem marcava qualquer falta contra o nosso time e acabamos levando os gols nas cobranças de tiro-livre”, salienta João Bueno, presidente da Asaf.

O JOGO

Na primeira etapa só deu Asaf. Tanto é, que no as equipes foram para o intervalo com uma vitória parcial da Asaf por 3 a 0.
No segundo tempo, o União fez três gols só de tiros-livre. O goleiro Márcio da equipe de Santo Ângelo defendeu ainda três cobranças. O placar final do jogo foi 6 a 4 para o União. “Quem conhece a nossa equipe sabe que é muito difícil levarmos tantos gols assim em uma partida”, reforça Bueno.

Mesmo com a derrota, a Asaf segue líder isolada da chave 2 da Série Prata com 16 pontos. O União assumiu a vice-liderança com 13 pontos. A Acaf, que poderia ter encostado na equipe missioneira, pois tinha 12 pontos antes do início da rodada, perdeu para o Milan e caiu para quarto na tabela.

LESÕES

Na derrota para o União no último sábado, Fabinho se lesionou gravemente. O atleta, livre, marcaria o gol, mas acabou levando uma chegada do goleiro adversário e machucou o tornozelo. Ele teve que ser levado ao hospital em Nova Prata durante o jogo, com suspeita de fratura. “Essa semana ele fará novos exames, mas achamos que pode ter acontecido ruptura nos ligamentos e não fratura”, observa Bueno. Tiaguinho também saiu lesionado da partida.

Jair e Kiko também estão no Departamento Médico da equipe. Os dois nem jogaram contra o União, no sábado.

FOLGA

No próximo final de semana a equipe missioneira folga na Série Prata. “É uma semana para recuperarmos os jogadores com lesão e trabalharmos para o jogo seguinte”, comenta.

A Asaf volta a quadra no dia 9 de junho, às 20h contra a AAV, no Ginásio Marcelo Mioso. A equipe adversária foi a única a vencer o time de Santo Ângelo no primeiro turno por 3 a 2.