Asaf encerra primeira fase com vitória no Marcelo Mioso

0
106

Equipe garantiu a segunda colocação da chave 2 ao vencer a AGE por 3 a 0

A Asaf terminou a primeira fase da Série Prata com uma vitória por 3 a 0 sobre a AGE, de Guaporé, na noite deste sábado, no Ginásio Marcelo Mioso. Diante da sua torcida, a equipe missioneira impôs seu ritmo de jogo e não teve dificuldade para vencer a equipe adversária. Com o resultado, a Asaf chegou a 22 pontos e ficou com a segunda colocação da chave 2. O Milan, de Lagoa Vermelha, terminou como líder. O terceiro lugar ficou com a Acaf, que folgou na rodada, com 19 pontos.

JOGO

Desde os primeiros minutos a Asaf mostrou-se superior em quadra. Com a marcação encaixada, poucas oportunidades teve a AGE, que não conseguia passar da meia quadra.

A Asaf marcou o primeiro gol da partida faltando 18 com 25 para o final da primeira etapa, com Fabinho. Em cobrança de lateral, ele tocou para Gugu, que fez o pivô e tocou de volta para Fabinho. O jogador, com o gol livre, só empurrou para abrir o placar.

Robe, um dos melhores jogadores da partida, ampliou ainda no primeiro tempo. Após receber passe em cobrança de falta, ele ameaçou chutar de perna direita, deu um corte para o meio, deixou o marcador deitado e chutou forte de canhota. A bola ainda bateu no travessão antes de entrar. Foi o gol mais bonito da noite, faltando 8 minutos para o final do primeiro tempo.

Na segunda etapa a equipe de Guaporé até teve mais posse de bola, mas como a marcação da Asaf estava muito forte, poucas oportunidades foram criadas, e o goleiro Márcio, da equipe missioneira, pouco trabalhou.

Gugu fez o terceiro gol da equipe missioneira. O goleiro Márcio lançou Juliano, ele dominou no peito e, na saída do goleiro adversário, que fazia a cobertura, tocou para o meio. Gugu, livre, chutou para o gol. 3 a 0 Asaf.

A equipe de Guaporé colocou goleiro linha, quando faltavam 7 minutos de jogo. Mas tudo que consegui foi criar mais chances de gol para o time missioneiro. A AGE trabalhava a bola e acabava perdendo para a marcação do time santo-angelense. Os jogadores da Asaf tentavam chutar de longe, na volta do goleiro linha para o gol, mas não conseguiram marcar. Foram, ao menos, três chances claras, onde a bola quase entrou dessa fora. Final 3 a 0 Asaf sobre a AGE.

AVALIAÇÃO

O técnico da Asaf, Raul Sawitzki, avaliou como positiva a vitória deste sábado e o desempenho da equipe na primeira fase da Série Prata. “O principal é que não levamos gol da AGE. Aos poucos podemos perceber a evolução da nossa equipe. Fora de casa ainda há muitos altos e baixos. Em casa, com a nossa torcida e a quadra grande, mantemos o padrão. Se a nossa marcação encaixar, como foi hoje, é difícil levarmos gols”, observa.