Asaf fica no empate com a AGSL e agora precisa vencer na última rodada para ficar na Série Ouro

0
93

Time santo-angelense fez 1×1 em casa no clássico missioneiro

A Asaf recebeu na noite deste sábado (31) a Associação Grande São Luiz (AGSL), de São Luiz Gonzaga, pela penúltima rodada do Quadrangular da Morte, o torneio que define as duas equipes que continuarão na Série Ouro em 2014, e as duas que cairão para a Série Prata no próximo ano. O jogo no Ginásio Marcelo Mioso ficou em 1×1, placar que beneficia a AGSL.

Na primeira etapa, em jogada ensaiada, a Asaf quase abre o placar, porém a bola esbarra em Fabinho. Os atletas da Asaf reclamaram que a bola foi desviada pela mão do jogador da AGSL. Na sequência, a Asaf faz uma série de faltas, e antes dos 6min já havia feito cinco. Em uma das cobranças, Caturra abre o placar, mas o juiz anula por falta feita por Diógenes.

A AGSL, na sequência, começa a marcar faltas também e iguala o número. Em uma das cobranças, Gustavo chuta na barreira, Edgar pega o rebote mas o goleiro segura com as mãos. Logo depois, quando Carlos André faz a reposição, Dudi rouba a bola e parte para o ataque ao lado de Fabinho, mas ambos desperdiçam a chance.

SEGUNDO TEMPO

Logo no início da etapa complementar, Edgar chuta forte, mas Carlos André manda para o canto. O gol da Asaf veio nos minutos iniciais, quando Tiaguinho manda uma bomba no cantinho: Asaf 1×0 AGSL.

Com a vantagem, o jogo passa a ocorrer na área do time de São Luiz. A Asaf pressiona para ampliar o placar, mas quem marca é a AGSL. Caturra recebeu a bola na entrada da área, desviou do marcador e mandou para a gaveta: 1×1.

O jogo segue nervoso e cheio de oportunidades. Tiaguinho manda mais duas vezes para o gol, ambas defendidas por Carlos André. Márcio também defende chutes do time de São Luiz. A Asaf diminui o ritmo e começa a tocar a bola, procurando uma chance de abrir vantagem novamente.

No finalzinho, o técnico Batata coloca Gustavo de goleiro-linha. O time santo-angelense toca a bola até o final, faz algumas tentativas de chutes a gol, mas não consegue marcar. Final: Asaf 1, AGSL 1.

ARBITRAGEM E PRÓXIMOS JOGOS

As duas equipes, em especial a Asaf, reclamaram da atuação da arbitragem na partida. No final, o árbitro teve de sair escoltado pela Brigada Militar devido à turbulência de parte da torcida, que esperava do lado de fora da quadra.

O placar deixa ambas as equipes com oito pontos, atrás da Assaf, que está com 10. O time de Santa Cruz do Sul venceu a AES, de Sobradinho, por 8 a 2.

O adversário da Asaf no último jogo será a própria Assaf, na casa do adversário. O time santo-angelense só se classifica se vencer. Já a AGSL recebe a AES em casa, e também precisa vencer para garantir a classificação. As duas partidas ocorrem às 20h do dia 7 de setembro.

FICHA TÉCNICA

ASAF: Márcio, Edgar, Kiko, Gustavo e Maurício. Dailon, Diógenes, Wyllian, Robe, Marcelinho, Tiaguinho, Fabinho, Dudi e Korb. Técnico: João Alberto Kerber (Batata).

AGSL: Carlos André, Fabinho, Caturra, Rômulo e Diógenes. Junior, Diego Gaúcho, Jé, Leonardo, Renan, Juninho e Jean. Técnico: Jeferson Beccon.

Gols: Tiaguinho (Asaf) e Caturra (AGSL).

Cartões amarelos: Cartões amarelos: Edgar, Korb, Tiaguinho e Gustavo, da Asaf, e Caturra, Rômulo e Fabinho, da AGSL.

Arbitragem: Ricardo Amaral Messa, auxiliado por Carlos Alberto Ferreira da Silva, Luis Fernando Feijó Ramos Junior (cronometrista) e Daiane Germano Dias (anotadora).