Asaf levará escolinhas de futsal aos bairros

0
132

“Promovendo o esporte saudável nos bairros” será implementado em agosto e irá envolver 100 crianças

Além de formar atletas, o esporte também forma cidadãos. Com o objetivo principal de envolver crianças de 7 a 13 anos na participação de escolinhas de futsal, a Associação Santo Ângelo de Futsal (Asaf) realiza a partir de agosto o projeto social “Promovendo o esporte saudável nos bairros”. A iniciativa contempla a implementação de dois núcleos de trabalho inseridos nos bairros Pippi e Cohab, que envolverão também crianças de bairros adjacentes. Os treinamentos serão realizados no Ginásio Municipal João Dalla Corte e no Centro de Atenção Integral à Criança e ao Adolescente (Caic).

Conforme o presidente da Associação, Carlos Alberto Gonçalves, “a ideia foi levantada já no final do ano passado, pela diretoria juntamente do técnico das categorias de base Fábio Ávila da Silva. A partir disso, começamos a trabalhar formas para viabilizar o projeto”. Serão 100 crianças atendidas, sendo 50 em cada localidade. Elas serão acompanhadas por um profissional da área da Educação Física, indicado pela Asaf, que atuará como monitor e irá desenvolver o trabalho.

Como vai funcionar
As crianças que participarão do projeto serão selecionadas através das escolas, a partir da visão dos professores sobre questões relacionadas às necessidades, dificuldades comportamentais e problemas de frequência. Além de aprender sobre esporte, também serão trabalhados aspectos relacionados à disciplina, colaboração e trabalho em equipe. Para o presidente da Asaf “talvez isso também seja uma forma de ajudarmos com que essas crianças participem mais em aula, pois vamos querer que frequentem nosso trabalho, mas, em contrapartida, também tenham frequência em aula. Tudo isso será monitorado em parceria com as escolas”, afirma ainda que “queremos desenvolver esse projeto pra formar cidadãos mais do que formar atletas. Incluir essas crianças na sociedade, independentemente do lugar onde moram. A gente quer mostrar que é possível vencer através do trabalho e do estudo. Essa é a finalidade do nosso projeto”. Serão turmas de 25 alunos, nos turnos da manhã e tarde, com treinamento duas vezes por semana nos horários inversos aos das aulas.

Além de acompanhamento profissional da área, o projeto contempla fardamento, material esportivo e alimentação, que serão custeados pelos parceiros e patrocinadores da Associação. Os treinamentos não serão apenas de futsal e irão envolver outras modalidades esportivas. A ideia também é convidar pessoas para que possam ministrar palestras. O presidente da Asaf caracteriza o projeto como uma experiência nova, “esperamos que isso seja apenas o começo. Que no ano que vem, ao invés de serem 100 crianças sejam 200”.

A iniciativa também tem o objetivo de popularizar o futsal no município, “talvez com esse trabalho, no qual iremos aos bairros, ao encontro da comunidade, faça com que a comunidade também nos ajude a manter a associação”, completa Carlos Alberto Gonçalves. O projeto terá cerimônia de abertura no dia 8 de agosto, às 14h, no Ginásio Municipal João Dalla Corte.