Asaf perde de goleada e se complica

0
91

Time missioneiro tem chances matemáticas, mas depende de resultados paralelos para classificação

Deu quase tudo errado para a Asaf na última rodada do Estadual Série Ouro de Futsal. Jogando contra o líder Alaf, em Lajeado, a equipe de Santo Ângelo precisava vencer para melhorar as chances de classificação. Os missioneiros não só deixaram de alcançar o resultado como perderam de goleada, por 5 a 0, em um jogo cheio de transtornos.

A Alaf logo no início da partida mostrou porque lidera a competição de forma isolada. Nos primeiros segundos, Marcelo Giba abriu o placar sobre a Asaf: 1×0. O segundo gol saiu poucos instantes depois, ainda no primeiro minuto de jogo, com o goleador Bruno Petry: 2×0.

Aos 2min de partida, começou uma chuva forte em Lajeado. Em pouco tempo a partida teve de ser paralisada devido às goteiras no Ginásio Municipal Professor Nelson Brancher. A quadra foi secada diversas vezes e foram espalhados jornais sobre o tablado para reter a água. Porém, conforme o ritmo da chuva, o jogo foi parado para evitar riscos aos jogadores em função da quadra molhada.

No retorno ao jogo, a Asaf começa a se impor tentando reduzir o placar. Em uma das jogadas, Márcio estava adiantado e o goleiro Chico bate da área e quase marca o terceiro da Alaf. Tiaguinho tem uma grande chance de marcar gol, que só é evitada pela habilidade do goleiro Chico: na cobrança de escanteio por Gustavo, o ala recebeu de primeira e mandou uma bomba, espalmada por cima do gol.

Por volta dos 11min de partida, se apagam as luzes do ginásio de Lajeado. O jogo fica paralisado alguns minutos e o árbitro anuncia que, conforme o regulamento, se em até duas horas a energia não voltasse, o jogo seria transferido. No retorno do jogo, Gustavo manda uma bomba e goleiro Chico faz mais uma grande defesa.

A Asaf melhora na partida, chegando mais à área do time de Lajeado. Maurício manda mais uma bomba e Chico espalma novamente, salvando a equipe da Alaf. Em um contra ataque, Márcio salva a equipe da Asaf, com uma bolada na cara. Depois, Márcio salva mais uma vez a Asaf, defendendo chute do artilheiro Bruno Petry. No finalzinho do primeiro tempo, Tiaguinho perde um gol ao receber de Edgar. O ala bate, mas o goleiro Chico faz mais uma grande defesa.

Faltando 24s para o intervalo, a Alaf faz o terceiro com Rafinha: 3×0.

SEGUNDO TEMPO
O 4º gol da Alaf sai aos 5min do segundo tempo. Jamur desviou de Edgar e Tiaguinho e marcou: 4×0. Gustavo entra de goleiro linha para tentar pressionar a reversão do placar, porém o time missioneiro não consegue se impor. Quase no fim da partida, aos 17min, Duda marca o 5º da Alaf, em jogada ensaiada: 5×0, placar final.

PRÓXIMAS RODADAS
Na próxima rodada, dia 13 de julho, a Asaf folga. Depois, ainda tem dois jogos pela frente, o primeiro contra a Afusca, em Cachoeirinha, com a qual fará confronto direto no dia 20. Já no dia 27, recebe em casa a vice-líder ADS. Para ter chances de classificar, a Asaf tem que vencer as duas partidas, podendo chegar a 20 pontos, mas depende de uma série de resultados paralelos para que chegue à 5ª colocação.

Caso a Asaf fique entre os quatro últimos colocados, disputará a partir de agosto o “quadrangular da morte”, em que serão definidas as duas equipes que permanecerão na Série Ouro, e as duas que serão rebaixadas para a Série Prata.