Brasil-FAR segura o Santo Ângelo na Zona Sul

0
116

Após 0 a 0 em casa, time missioneiro volta a campo amanhã, fora, contra o Panambi

Mesmo jogando embalado após uma vitória na 2ª rodada e com a presença de um bom público no Estádio da Zona Sul, o Santo Ângelo não passou de um empate por 0 a 0 contra o Brasil de Farroupilha, na noite de quinta-feira (12). Com o resultado, a equipe missioneira permaneceu na 5ª posição do Grupo A, empatado pelo mesmo número de pontos com o São Luiz (4) e ficando atrás no saldo de gols.

O Santo Ângelo iniciou a partida pressionando, com mais posse de bola e com jogadas rápidas pelas laterais. Mas o Brasil, que veio à Zona Sul com a proposta de se defender, recuou o time, o que acabou tornando o primeiro tempo com poucas oportunidades de gol para os dois lados. O atacante Ismael Gaúcho teve a melhor chance de abrir o placar, chutando a bola no travessão, mas o auxiliar assinalou impedimento. Em seguida, foi a vez de o Brasil dar a resposta, em uma cobrança de escanteio, com Anderson Ijuí. A bola passou na frente da meta do goleiro Diego, mas ninguém chegou para finalizar.

Durante o intervalo, o técnico Zica Pagliarini tirou Ismael Gaúcho e colocou John Lennon, apostando em jogadas de maior velocidade. O Santo Ângelo entrou para a segunda etapa novamente com a velocidade pelas laterais, mas acabava parando na boa defesa do Brasil. Aos 18 minutos, o técnico Cristian de Souza mudou a equipe do Brasil, tirando Jean Carlo e colocando Alex Júnior. Com a substituição, o time visitante ficou ainda mais consistente no meio-campo, não deixando espaços para o Santo Ângelo criar as jogadas e encaixando contra-ataques perigosos.

Já no final de jogo, a equipe da Serra teve uma ótima chance com Maurinho, que chutou de fora da área. A bola ainda desviou e enganou o goleiro Diego, que só observou a bola sair pela linha de fundo.

AVALIAÇÃO
O técnico Zica Pagliarini destacou que a equipe teve um bom desempenho, tendo em vista a qualidade do adversário. Zica também observou a boa atuação defensiva que o adversário impôs. “O Santo Ângelo buscou o gol a todo momento, tivemos ao menos duas chances claras. Jogamos bem, mas o Brasil é uma ótima equipe e conseguiu segurar o nosso time”, disse.

‘VAMOS BUSCAR RECUPERAR ESTES PONTOS FORA DE CASA’, DIZ ZICA
Para o confronto das 18h30min de amanhã (15), fora de casa, no estádio João Marimon Jr., contra o Panambi, a única dúvida de Zica deverá ser no setor ofensivo. O atacante Mairlon Márcio pode fazer a sua estreia ao lado de Rafinha no ataque.

Zica também destaca a importância de buscar uma vitória. “Trabalhamos após a partida contra o Brasil para buscar corrigir algumas coisas. Em Panambi, pode ser que Márcio faça sua estreia, mas precisamos ter um atacante de referência, como Ismael, na frente. Uma vitória fora de casa nessa altura da competição é importantíssima, em vista que a diferença de pontos é muito pequena. Vamos buscar recuperar os pontos que perdemos em casa. O Panambi é uma grande equipe, mas vamos dar o nosso melhor para tentar sair com a vitória.” Depois de enfrentar o Panambi, o Santo Ângelo volta a campo no clássico contra o São Luiz, no dia 18, no Estádio da Zona Sul.