Equipe Kangibrina/Posto Tiaraju é bicampeã do Citadino de futsal

0
127

Time venceu o Super Mattana/JR Auto Peças nos pênaltis por 4 a 3

As finais do Campeonato Municipal de Futsal ocorreram na sexta-feira (16) e o Kangibrina/Posto Tiarajú conquistou pela segunda vez o título da 1ª Divisão. Na oportunidade também ocorreram as finais nas categorias feminina e veterano.

Pela 1ª Divisão, o Kangibrina/Posto Tiaraju enfrentou o Super Mattana/JR Auto Peças e venceu a partida nas penalidades por 4 a 3, após empate de 1 a 1 no tempo normal. O goleiro Junior, do time vencedor, foi decisivo na cobrança de pênaltis, defendendo em duas oportunidades. Esta é a segunda vez que o Kangibrina/ vence o Citadino, sendo que o primeiro título foi conquistado ano passado. Conforme o presidente da equipe bicampeã, Maurício Loureiro, “o Campeonato está muito nivelado, vem numa crescente a cada ano, com cada vez mais equipes competitivas. Isso engrandece os jogos e quem ganha com isso é o publico que gosta de futsal. Tivemos grandes jogos esse ano, com um alto nível de futsal, desde jogadores que estão começando no futsal, como também alguns que já foram campeões estaduais tanto na Associação Santo Ângelo de Futsal ou em outras partes do Rio Grande do Sul”.

Kangibrina
A equipe completou 16 anos este ano e além do bicampeonato no Citadino também tem o título de campeão regional da Copa dos Campeões, em 2011, competição disputada em Ijuí. O time tenta manter a base e busca alguns jogadores pontuais para as disputas. Neste ano trouxe o goleiro Júnior, que foi decisivo na final e demais jogos, além do jogador Marlon, que fez o gol na decisão e voltou a jogar pelo Kangibrina. O restante do time que começou jogando (Kiko, Pedro, Korb e o capitão Vini Strassburguer) também atuou na competição no ano passado. Para Maurício Loureiro “conseguimos construir nossa história no futsal amador, e o mais importante, temos fortalecido cada vez mais a nossa amizade ao longo desses 16 anos”. A equipe que disputou o Citadino é formada pelos jogadores Júnior, Kiko, Pedro, Korb, Vinicius, Alessandro, Leonardo, Juliano, Rudiero, Pablo, Cleomar e Luan e comissão técnica composta por Lucas Bueno, Vinicius Makvitz, Juka, Jukão e pelo técnico Peri Fernandes.