Santo Ângelo realiza testes laboratoriais

0
111

Preparação foi realizada no laboratório de Fisiologia da URI

 Uma prática comum nos grandes times de futebol passa a ser adotada também no Santo Ângelo. Trata-se da realização de testes laboratoriais em todos os atletas do clube.

O preparador físico do clube, Alexandre Chitolina e o coordenador de preparação, Raul Sawitzki, realizaram na quinta e sexta-feira, no laboratório de Fisiologia da URI, em parceria com os profissionais de educação física da Universidade, testes espiriométrico e cardiorespiratório em alguns atletas do Santo Ângelo, como Felipinho, os goleiros Maikon e Márcio, Rafael Reis e uma das novas contratações, Donavan. O restante do grupo também realizará os testes, no início da próxima semana.

Segundo Alexandre Chitolina, isso é pratica recorrente na maioria dos clubes da primeira divisão. “É um procedimento utilizado antes de o atleta partir para as atividades práticas do futebol”, relata.

Nos testes são avaliadas, entre outras coisas, a capacidade pulmonar do atletas, as condições do coração, informações que são armazenadas em um banco de dados e que permitirão um trabalho individual com cada atleta na preparação física. “Os dados fisiológicos dos atletas te dão um parâmetro para trabalhar. Porque no trabalho de campo você observa uma coisa, agora, sabendo esses dados pode-se desenvolver melhor o potencial físico de cada atleta”, complementa Chitolina.

Segundo o preprador físico na Divisão de Acesso, poucos times adotam a prática. “Na chave do Santo Ângelo, Brasil de Farroupilha, Esportivo e Glória trabalham dessa forma. Nos grandes times isso é obrigatório, antes mesmo de o atleta assinar o contrato com o clube”, observa.

PREPARAÇÃO FÍSICA

O cronograma de preparação física estabelecido pelo Santo Ângelo será intenso nas duas primeiras semanas, quando os jogadores trabalharão em três turnos. Logo após, os trabalhos serão em dois turnos. “Temos que correr atrás do tempo, por isso, trabalharemos muito intensamente nas primeiras duas semanas de treinos”, relata Chitolina.