Santo Ângelo vence Milan por 1 a 0 na estreia da Divisão de Acesso

0
108

Partida foi prejudicada pela péssima arbitragem

Na estréia da Divisão de Acesso, na noite deste domingo, o Santo Ângelo derrotou o Milan de Júlio de Castilhos por 1 a 0 no Estádio da Zona Sul, em uma partida marcada por reclamações, faltas e pela péssima arbitragem. O único gol da partida foi anotado pelo atacante Eder Ceccon da equipe missioneira, aproveitando rebote no início da segunda etapa.

MARCAÇÃO

As duas equipes iniciaram bem a partida. Logo aos dois minutos, Saulo aproveitou escanteio na segunda trave e cabeceou para o gol. A zaga tirou em cima da linha. Aos 9 minutos Bruno Flores achou Eder Machado livre, que de fora da área, fez a bola raspar o travessão.

O Milan conseguiu encaixar a marcação no meio campo e aproveitou os contra ataques para criar suas melhores oportunidades. A equipe de Júlio de Castilhos teve três chances claras de gol na primeira etapa. Marcinho desperdiçou a primeira, quando escapou pela linha de fundo do lado direito e chutou em cima de Márcio, aos 12 minutos. Aos 28, Roni cabeceou na entrada da grande área e o goleiro do Santo Ângelo teve que se esticar todo no canto esquerdo para defender. Mas a melhor chance do Milan veio novamente com Marcinho, que recebeu livre, na marca do pênalti, chutou e Márcio, bem colocado, salvou novamente o Santo Ângelo.

A resposta do Santo Ângelo foi dada com Eder Machado. Ele recebeu lançamento de Saulo e, cara a cara com Robson, o número 9 do Santo Ângelo tentou dar um toquinho na saída do goleiro, que fez grande defesa. Aos 38 minutos, novamente Eder Machado recebeu, dessa vez de costas para o gol, girou e bateu no travessão.

ARBITRAGEM

Até o final da primeira etapa o jogo transcorreu normalmente, com algumas reclamações de ambos os times e também da torcida com relação à arbitragem. Porém, na segunda etapa, o árbitro Márcio Prudente perdeu o controle da partida e prejudicou o futebol. Distribuiu cartões amarelos, marcou diversas faltas que não ocorreram e expulsou Eder Machado do Santo Ângelo e o zagueiro e capitão do Milan, Bonaldi. Os dois estavam no meio de uma confusão e acabaram levando a pior. Antes do final do jogo ainda expulsou o volante Amaral da equipe missioneira em um lance que ninguém entendeu.

O gol da partida veio no início do segundo tempo, com Eder Ceccon, que aproveitou rebote e cabeceou para os fundos das redes. O lance se originou em ótima jogada do meia Bruno Flores, o melhor jogador da partida e o único do Santo Ângelo a sair aplaudido pela torcida.

Antes do apito final, teve pressão por parte do Milan, principalmente nas bolas paradas. Mas, mesmo com erros graves da arbitragem e muito anti jogo, o Santo Ângelo saiu com vitória por 1 a 0 na estréia da Divisão de Acesso.

O próximo compromisso é na quarta-feira, às 20h30min, em Sapucaia do Sul, contra o Sapucaiense.

SANTO ÂNGELO: Márcio; Gudi, Saulo (Gustavo Xavier), Rodrigo Ramos e Geovani Marabá; Pavão, Amaral, Ivo (Donavan) e Bruno Flores (Felipinho); Eder Machado e Eder Ceccon. 

MILAN: Robson; Galo, Bonaldi, Fabrício e Alex; Bolacha, Japa (Dener), Madson e Marcinho; Alfinete (Wellington) e Roni.