SER Santo Ângelo entra com pedido de liminar para liberação do Estádio da Zona Sul

0
263

Sem alvará de funcionamento do estádio, equipe já realizou cinco partidas longe da torcida

Sem renda da bilheteria pela não liberação do Estádio da Zona Sul, a SER Santo Ângelo busca alternativas para receber seus jogos no local, e assim, obter recursos para a manutenção do time e permanência no campeonato. Ontem, o Clube entrou com pedido de liminar na Comarca de Santo Ângelo, solicitando a liberação do local para receber jogos, mesmo que provisoriamente ou com determinado número de torcedores estipulado.

O argumento do Clube é de que os Bombeiros estão sendo muito rigorosos em relação à lei e que o estádio teria condições de receber alvará provisório, aberto para determinada quantidade de público. A SER Santo Ângelo teria confronto amanhã contra o Caxias, líder do Grupo B com 12 pontos, em casa. Porém, a partida foi adiada para a quarta-feira, 6 de abril, para que o time santo-angelense tenha tempo hábil para encaminhar a liberação de seu estádio.

Além da SER Santo Ângelo, Inter-SM, Riograndense e Marau, ainda não encaminharam todos os laudos de seus estádios para a Federação Gaúcha de Futebol (FGF), conforme informações do Departamento de Futebol Profissional da entidade.

Segundo a diretoria do Clube, em reunião ontem com o Corpo de Bombeiros, foi solicitada a adequação de mais quatro rampas de acesso com corrimões no Pavilhão Social para que o Estádio da Zona Sul possa ser liberado. Mesmo assim, a previsão é de que apenas uma parte do local receba público, caso o Clube obtenha o alvará dos Bombeiros. Além disso, se conseguir receber seus jogos, as partidas deverão ser realizadas apenas durante o dia, já que o Clube não conta mais com o gerador que havia sido emprestado para o time.

No próximo domingo (3), pela 7ª rodada da Divisão de Acesso, a SER Santo Ângelo enfrenta a SER Panambi, fora de casa, a partir das 15h30.

Com três empates e duas derrotas até o momento, a equipe missioneira ocupa o penúltimo lugar na chave, com três pontos, na frente apenas do lanterna, União Frederiquense, com dois pontos, mas com um jogo a menos. 

EM ESTÁDIO EMPRESTADO, SER SANTO ÂNGELO EMPATA SEM GOLS COM O ESPORTIVO

A SER Santo Ângelo segue sem vencer na Divisão de Acesso 2016. Com problemas na liberação do Estádio da Zona Sul o time missioneiro fez sua quinta partida longe de Santo Ângelo. Desta vez foi contra o Esportivo, de Bento Gonçalves, em jogo disputado no Estádio 19 de Outubro, em Ijuí. Com a não liberação da casa da SER Santo Ângelo a partida foi transferida para a cidade vizinha, com divisão da renda entre a equipe santo-angelense e o São Luiz. Uma tentativa de inverter o mando de campo, como ocorreu na segunda rodada da competição contra o próprio São Luiz, foi iniciada pelos dirigentes do Santo Ângelo, mas não foi aceita pela direção do Esportivo. Sem a realização destas duas partidas, que ocorreriam no Estádio da Zona Sul, a direção do Clube calculou um prejuízo de mais de R$ 40 mil.

Com um público inferior a 150 torcedores, a SER Santo Ângelo recebeu o adversário em estádio emprestado e novamente ficou no empate, desta vez, sem gols. Com o gramado pesado e sujo de lama, o jogo foi de muita disputa no meio-campo e prejudicou as duas equipes. As poucas chances criadas pela SER Santo Ângelo e Esportivo foram desperdiçadas. A equipe missioneira pecava na criação e o time alviazul, na finalização.

O empate sem gols, agradou o técnico Badico do Esportivo, mas teve sabor de derrota para o Santo Ângelo, que ainda não venceu no campeonato e sentiu a falta do torcedor em sua quinta viagem seguida.

FICHA TÉCNICA
Santo Ângelo: Ederson, Pedel (Cristiano), Igor, Miranda e Júnior; Mânica, Guilherme Santos, Diego Viana e Sertãozinho (Cássio), Diniz (Lucas Pires) e Munhoz.
Técnico: Zica Pagliarini.
Esportivo:Júlo Cesar, Pedro Júnior (Douglas Tuchê), Galo, André Bahia (Thago) e Róger; Douglas T-Rex, Natan, William e Gustavo; Araújo e Luan (Fernando Gaúcho).