Sub-15 da Asaf perde a terceira e precisará buscar a recuperação no returno

0
92

Com três derrotas em três jogos, time ainda tem 9 pontos em disputa para obter a classificação

O time sub-15 da Associação Santo Ângelo de Futsal (Asaf) tem mais três partidas para somar pontos e buscar a classificação no estadual da categoria – dos quatro da chave, três passam à próxima fase. Na tarde de ontem (1º), a equipe enfrentou o Guarany, de Espumoso, e perdeu por 3 a 2 – a terceira derrota em três jogos. A partida, pela chave 1, foi disputada no ginásio Marcelo Mioso.

Depois de sair atrás no marcador, o time reverteu o placar e fez 2 a 1, mas a poucos minutos do fim cedeu o empate e a virada. Os gols do sub-15 da Asaf foram marcados pelo ala-esquerdo Willian. “Fizemos nossa melhor partida, contra o líder da chave. Nosso problema foi a inexperiência. Conseguimos virar a partida e depois tomamos a virada. Mas precisamos entender que são jogadores que estão disputando seu primeiro estadual. Se tivéssemos maior bagagem, poderíamos ter administrado a vitória e saído com um resultado melhor”, diz o técnico da Asaf, Fábio Ávila da Silva, o Fabinho.

ASAF TEM 9 PONTOS A DISPUTAR
Ainda sem ter pontuado, o time santo-angelense ocupa a 4ª e última colocação da chave 1. O Guarany, com três partidas disputadas, está em 1º, com 6 pontos. O América, de Santa Maria, está em 2º, também com 6, mas com uma partida a menos. Na 3ª posição, o Verdes Mares, de Cruz Alta, com 3 pontos em duas partidas. Os jogos são de ida e volta e a Asaf ainda disputará 9 pontos. “Precisamos ganhar nossos três jogos, para que não precisemos torcer por outros resultados. No domingo, marcamos bem e conseguimos sair no contra-ataque, mas não fizemos os gols. Criamos, não fizemos e acabamos tomando, e isso desestabilizou a equipe”, avalia o treinador.

Fabinho mandou o sub-15 à quadra com Renan no gol, Anderson na ala direita, Wesley na zaga, Willian na ala esquerda e Leo na frente. A próxima partida da equipe será no dia 25, quarta-feira, contra o Verdes Mares, em Cruz Alta. Para Fabinho, durante esta semana de treinamentos, o emocional dos jogadores precisará ser bastante trabalhado, visando juntar o máximo de forças para a recuperação no returno. “Enquanto tivermos chances de classificação, vamos buscar”, sentencia o técnico. Já o time sub-17, que também sob o comando de Fabinho tem três vitórias em três jogos no estadual, voltará a jogar no dia 14, em casa, contra o Riograndense, de Santa Maria.