Acordo não é cumprido e Pedrão é eleito presidente da Câmara

0
687
Pedrão (PSD) foi eleito para presidir o Legislativo. Foto: Marcos Luft/Câmara de Vereadores

A Câmara de Vereadores de Santo Ângelo realizou na sessão ordinária de segunda-feira (16) a eleição da nova mesa diretora e o detalhe é que, mais uma vez, um acordo firmado não foi cumprido no Legislativo santo-angelense.

O referido acordo firmado pela maioria dos vereadores indicava a eleição da vereadora Jaqueline Possebom (PDT) não foi cumprido e assim, Pedro Waskiewicz, o Pedrão (PSD) foi eleito presidente. Inclusive, na manhã de terça-feira (16), Pedrão teria assinado documento se colocando como candidato a vice-presidente na chapa de Jaqueline. Além disso, ao chegar para a sessão, Jaqueline e outras duas pessoas teriam se encontrado com o vereador Valter Mildner e esse garantido apoio à candidatura da pedetista. Essas posições não cumpridas estão sendo muito criticadas nos bastidores.

Duas chapas foram apresentadas, lideradas por Pedrão e Jaqueline. Pedrão tem como vice Zilá Andres (PP) e Paulo Sérgio Santos e Silva, o Paulão (PP). O vice de Jaqueline era Dionísio Faganello (DEM) e o secretário Felippe Terra Grass (PDT).

Pedrão venceu por 8 a 7, com os votos dele e dos vereadores Zilá Andres, Paulão, Rodrigo Trevisan (PP),Márcio Antunes (PP), Lucas Lima (MDB), Vinícius Makvitz (MDB) e Valter Mildner (Rede). Votaram a favor de Jaqueline, Dionísio Faganello, Felippe Terra Grass, Maurício Loureiro (PDT), Lauri Juliani (PDT), Vando Nolasco (PDT) e Valdonei da Luz (PDT).

Pedrão assume em janeiro e não ficou claro se tem algum acordo para que renuncie no meio do ano e outro vereador seja eleito para o segundo semestre, como tem sido a prática na Câmara de Vereadores santo-angelense.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here