Câmera de videomonitoramento flagra homem agredindo ex-companheira no Centro de Santo Ângelo

0
89
Na imagem é possível ver a vítima tentando se defender dos socos do agressor e uma menina fugindo do carro. Foto: Reprodução/Câmera de Videomonitoramento

A Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) investiga uma ocorrência de tentativa de feminicídio (o mesmo que homicídio tentado contra mulher) que foi flagrada na tarde de terça-feira (28), por volta das 17h, por uma câmera de videomonitoramento localizada na rua Sete de Setembro, no Centro de Santo Ângelo, diagonal aos fundos da Delegacia da Polícia Federal.

Nas imagens, que circulam em grupos de WathsApp e tem causado indignação na população é possível ver um homem agredindo com socos e chutes a mulher, que segundo a delegada Elaine Maria da Silva, registrou a ocorrência policial e requereu o encaminhamento de medidas protetivas de urgência para obrigar o agressor a se manter afastado dela.

As medidas protetivas foram encaminhadas ao Poder Judiciário na mesma data e foram deferidas. “As medidas importam em manter distância mínima de 100 metros, além de ficar proibido de manter contato com a vítima por qualquer meio de comunicação”, diz a delegada explicando que a medida tem validade pelo prazo de 6 meses e o descumprimento poderá acarretar a prisão preventiva do agressor.

De acordo com a delegada Elaine, a vítima – que teve a sua identidade revelada – reside em outro estado e retornou para visitar familiares, em Santo Ângelo. “Ele (o agressor) passou a telefonar, mas ela não atendeu as ligações telefônicas e aí ele a perseguiu e a atacou quando saía do prédio de uma amiga, ao embarcar no veículo para retornar para a sua casa”, frisa.

A delegada segue dizendo que diante das imagens, “se observa que não ocorreu uma mera agressão, mas que se trata de uma tentativa de feminicídio, caracterizada pela brutalidade da força física empregada sobre a vítima, tornando impossível a sua reação”, observa.

Diante da ocorrência, estão sendo encaminhadas as medidas legais pertinentes. O homem segue foragido.

Assista o vídeo:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here