Capitão Régis Copetti assume comando do Colégio Tiradentes Santo Ângelo

0
219
Capitão Régis Copetti foi empossado na segunda-feira (17) no Departamento de Ensino da Brigada Militar, em Porto Alegre, e na quarta-feia (19) começou a exercer a função no Colégio. Foto: Arquivo pessoal

Desde a segunda-feira (17), o Colégio Tiradentes de Santo Ângelo possui novo comandante. Assumiu a instituição de ensino o capitão Régis Girardon Copetti, que até então estava a frente do 1º Batalhão Rodoviário da Brigada Militar, onde comandava três Sub Unidades – sediadas em Santo Ângelo, Cruz Alta e Passo Fundo.

Diante de um cenário completamente diferente, Copetti diz que hoje o desafio é não perder a qualidade do ensino e os aspectos disciplinares (característica de uma escola militar) frente as peculiaridades do ensino durante o período de pandemia.

“Desde minha chegada na escola tenho conversado com alguns professores e militares e questionado pontualmente sobre possíveis dificuldades na execução do ensino a distância, sendo que para a próxima semana está agendada reunião on-line com todo o corpo docente a fim de obter um feedback sobre esta questão, de forma que possam ser constados possíveis pontos negativos que devam ser sanados pelo Comando da Escola”, detalha.

Ainda, conforme adianta o comandante, o corpo de militares e civis da escola está focado em melhorias na estrutura física e tecnológica do educandário, para que, quando for restabelecida a normalidade do ensino, “alunos encontrem um colégio em excelentes e dignas condições de ensino.”

Como manter o bom desempenho do educandário

Para o capitão, o bom resultado e desempenho dos alunos do Colégio Tiradentes é reflexo do trabalho dos profissionais que atuam na escola “sejam os professores, que estão exercendo a docência com excelência, sejam os militares e civis, que atuam na gestão e administração do educandário”, pondera.

Retorno das aulas 

Com relação a retomada do ano letivo, Copetti é cauteloso. Afirma que o assunto está em análise pelo Governo do Estado, “sendo que o Departamento de Ensino da Brigada Militar ainda não recebeu nenhuma sinalização sobre possível retomada das aulas presenciais.”

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here