Fiscalização cobra cumprimento dos protocolos de segurança contra a pandemia

0
170
Arrastão da Vigilância Sanitária foi realizado no centro da cidade esta tarde para inibir possíveis abusos em locais com concentração de pessoas. Rodrigo Bergsleithner/Prefeitura de Santo Ângelo

Dentre as ações definidas na última reunião do Comitê Temporário de Enfrentamento ao novo Coronavírus (CTECOV), o Governo Municipal iniciou atuações mais severas da Vigilância Sanitária no combate à Covid-19 em Santo Ângelo.

Na tarde desta quarta-feira (17), foi intensificada a fiscalização no comércio e, locais em desacordo com os protocolos de segurança, serão autuados. Em caso de reincidência, o infrator sofrerá sanções, de advertência, inclusive com suspensão do alvará e multa.

Os alvos principais da fiscalização foram os estabelecimentos com aglomeração de pessoas e em descumprimento às normas de distanciamento, proteção e higiene pessoal, além do limite estabelecido pelo Estado em relação à quantidade de consumidores no espaço físico, de acordo com o Plano de Prevenção e Proteção Contra Incêndios (PPCI).

ORIENTAÇÃO

O secretário municipal de Saúde, Luis Carlos Cavalheiro, destacou que os pontos comerciais foram orientados e devem obrigatoriamente adotar medidas preventivas, como disponibilizar álcool gel, em locais fixos, de fácil visualização e acesso; orientar por meio de comunicação visual quanto ao uso de máscaras obrigatório e ao distanciamento mínimo obrigatório de dois metros entre pessoas. ‘”Também é preciso agilizar o atendimento a idosos, gestantes e pessoas com necessidades especiais; intensificar as ações de limpeza, desinfecção de ambientes e cumprir integralmente todas as recomendações de prevenção e controle para o enfrentamento do Coronavírus (Covid-19). É importante a participação de todos e cada um deve ter a consciência da gravidade da pandemia”, afirma.

As ações da Vigilância Sanitária junto ao Comitê Coronavírus serão realizadas diariamente e receberão reforço de pessoal nos próximos dias. O Comitê possui o Plantão 24 horas onde a comunidade pode realizar denúncias em relação à aglomeração de pessoas: (55) 99707-1919.

As medidas de maior restrição serão inclusas ao novo decreto municipal, que deve ser publicada ainda nesta semana.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here