Homem é preso por tripla tentativa de homicídio ao deixar o HSA

0
93
A Polícia Civil, por intermédio da Delegacia de Porto Xavier, sob coordenação do delegado Anderson Pettenon, prendeu preventivamente no final da tarde de segunda-feira (28), o autor de uma tripla tentativa de homicídio ocorrida no último sábado (26), por volta das 18h30min, no Bairro São Francisco, em Porto Xavier.
A ocorrência foi inicialmente atendida pela Brigada Militar de Porto Xavier. A vítima mais grave socorrida pelos policiais militares que, juntamente com os policiais civis, realizaram um cerco a um matagal para onde o autor fugiu logo após o fato. No local, foram ouvidos disparos de arma de fogo.
Após imediato trabalho investigativo, o qual se estendeu por toda a madrugada, realizado por agentes do setor de investigações da Delegacia de Polícia de Porto Xavier e que contou com apoio de agentes destacados na Operação Fronteira e de policiais civis de Pirapó, coordenados pelo delegado Pettenon, houve representação pela prisão preventiva do suspeito. Segundo o apurado, o homem após efetuar disparos de arma de fogo em direção ao atual namorado da ex-mulher e ao pai do mesmo, sem acertá-los, acabou alvejando, na cabeça, seu ex-cunhado, um homem de 34 anos, que procurava separar a briga entre os envolvidos.
Foi apurado que, antes disso, o homem capturado jogou seu veículo para cima do carro onde estavam as vítimas, possivelmente com intenção de matá-las.
Diante da gravidade dos fatos houve representação pela prisão preventiva do investigado, o qual foi capturado logo após receber alta médica junto ao Hospital Santo Ângelo (HSA), para onde havia sido transferido ainda na noite de sábado, pois apresentava ferimentos pelo corpo, inclusive causados por disparo de arma de fogo.
A vítima que foi baleada na cabeça segue internada na UTI em estado gravíssimo. A prisão do homem de 46 anos se deu por agentes do setor de investigações da Delegacia de Polícia de Santo Angelo, sob coordenação do delegado Rogério Junges.

A arma de fogo utilizada no crime foi apreendida, bem como outros objetos de interesse da investigação. O inquérito policial deve ser concluído no prazo de dez dias.

Fonte: Polícia Civil

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here