Justiça determina busca e apreensão da edição do jornal A Tribuna por notícia falsa

0
237
Juíza Marta Martins Moreira afirmou que veiculação de desinformação é fato totalmente reprovável e pode afetar equilíbrio do pleito. Site do Grupo Sepé também teve que se retratar

A juíza da 45ª Zona Eleitoral, Marta Martins Moreira, determinou neste sábado (10) a busca e apreensão de exemplares do jornal A Tribuna pela veiculação de notícia falsa relativa a posição do PSDB santo-angelense no pleito. Também foi determinada a retificação da informação no site do Grupo Sepé.
O jornal noticiou em sua edição impressa e versão digital, informação inverídica dando conta que a Justiça Eleitoral havia anulado a convenção realizada pelo PSDB local, quando foi decidido pelo apoio à coligação liderada pelo PDT. A verdade é que ainda nesta semana, a Justiça confirmou a nulidade da intervenção promovida no PSDB local.
Na manhã deste sábado (10), a Justiça Eleitoral já havia tomado conhecimento da divulgação do conteúdo no site do Grupo Sepé, e solicitado a retificação, nos seguintes termos: “No tocante à notícia “Justiça anula apoio do PSDB ao prefeito Barbosa”, solicita-se a RETIFICAÇÃO/CORREÇÃO, pois NÃO houve nenhuma decisão desta Justiça Eleitoral na data de ontem (sexta (9) de anulação da Convenção, muito menos que não caiba recurso. O que houve foi COMUNICAÇÃO da Executiva Nacional do PSDB à 45ª Zona Eleitoral, de que anulou a Convenção do PSDB local, realizada no dia 12/09, e, sendo apenas comunicação e não ação, a Justiça Eleitoral recebeu a comunicação e mandou anotar”, diz a nota assinada pela juíza Marta Martins Moreira.
Quanto a versão impressa, o conteúdo da informação também é inverídico. Em sua decisão, a juíza afirma que: “Considerando, então, a veiculação de desinformação, fato totalmente reprovável e que pode afetar o equilíbrio do pleito eleitoral, bem como que no meio físico (jornal) é impossível a retirada do conteúdo, defiro a busca e apreensão da tiragem do Jornal “A Tribuna” da data de hoje (sábado, 10)”.
A magistrada determinou ainda que, considerando que exemplares já haviam entregues a assinantes e a leitura realizada no site, e para assegurar a lisura do pleito, a correção da informação retificada deve permanecer por uma semana no site do Grupo Sepé, na página inicial e também serem divulgadas na próxima edição impressa do jornal A Tribuna.
Igualmente foi determinado que a busca e apreensão dos exemplares fossem cumpridas por oficial de Justiça, com auxílio da força policial, se necessário, na sede da empresa e nas principais bancas da cidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here