Lembranças do esporte: Luys Lima conta como foi sua estreia no MMA profissional

0
470
Em 2015, na cidade de Rodeio Bonito, primeira no MMA profissional, Luys homenageou a avó, que recentemente havia falecido. Foto: Arquivo pessoal.

O MMA (Mixed Martial Arts) é uma dos mais importantes esportes da atualidade, porém, nem sempre foi assim. Essa modalidade das artes marciais, que antes era conhecido como “Vale Tudo”, sofreu modificações até chegar em seu formato atual, com regras mais claras e categorias mais definidas.

Nas Missões, o esporte ganha cada vez mais espaço e destaque. Luys Lima é um destes atletas que investe na modalidade, este ano, inclusive teria sua primeira luta nos EUA, porém foi cancelada em função da pandemia.

Luys é o segundo convidado do JM a falar sobre o que mais lhe marcou na carreira: “Um momento que mais marcou minha carreira foi em uma luta que tive em Rodeio Bonito (em 2015) – minha estreia no MMA profissional”, lembra Luys. Fazia três semanas que ele havia perdido a avó. “Foi a luta que fiz uma homenagem a ela (com camisetas dela), minha família também estava na torcida. Foi uma luta muito dura, mas que consegui sair com a vitória no 2º round por finalização”, detalha. “Com certeza foi o momento que mais marcou minha carreira até o momento”.

No final do ano passado, Luys assinou contrato com uma agência de lutas dos EUA (De Jesus Management). Tinha uma luta agendada para 4 de abril, em Boston, seria a primeira no país que mais investe no MMA. “Antes de toda essa pandemia estava no melhor momento de minha carreira quando se fala em oportunidades”, afirma. “Espero retornar logo. Que o mundo se recupere o mais rápido possível e então possa conseguir mostrar meu trabalho também fora do Brasil”, deseja.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here