Mais de sete mil contribuintes de Santo Ângelo já enviaram as declarações de Imposto de Renda

0
385
Lembre-se de que a data a partir da qual se conta a declaração como enviada é somente quando não há mais nada para retificar. Ou seja, se você está com alguma pendência no envio, o seu prazo começa a ser contado a partir dessa correção e não da primeira vez em que você declarou

As declarações de Imposto de Renda começaram a ser enviadas no dia 2 de março e, até o momento, 58% dos contribuintes de Santo Ângelo já informaram seus rendimentos e despesas ao Leão.

Isso indica que, de um total de 13 mil contribuintes, ainda existem 5,7 mil contribuintes que não declararam e devem fazê-lo até dia 30 de junho, quando encerra o prazo estipulado pela Receita Federal.

É importante lembrar que quem envia primeiro recebe a restituição logo nos primeiros lotes e, na cidade, são R$ 10 milhões a serem restituídos, ao longo do ano.

Se olharmos para o estado de Rio Grande do Sul, o valor a ser restituído é ainda maior, batendo os R$ 1,3 bilhões, o que representa, aproximadamente, R$ 2.190,00 por contribuinte.

O jornalista contábil Leandro Santos lembra que a Receita Federal efetua o pagamento desses valores de restituição do Imposto de Renda por lotes, ou seja, em algumas datas específicas ao longo do ano, sendo que é uma data por mês, apenas.

Em 2020, as restituições acontecerão de maio a setembro, o que significa que o contribuinte poderá ter que esperar sete meses para receber um valor que, na verdade, já é seu.O critério do governo para distribuir os lotes são, primeiramente as pessoas com prioridades, ou seja, os idosos (a partir de 60 anos), prioritariamente para os maiores de 80 anos; os deficientes físicos ou contribuintes com moléstias graves; e os professores, que possuem no magistério sua maior fonte de renda.

 

QUEM PRECISA DECLARAR

Quem recebeu rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70;

Contribuintes que receberam rendimentos isentos acima de R$ 40.000;

Aqueles que tiveram, em qualquer mês do ano passado, ganho de capital na venda de bens ou realizaram operações na Bolsa de Valores;

Quem optou pela isenção de IR na venda de um imóvel residencial para comprar outro, se as duas transações ocorreram dentro de, no máximo, 180 dias;

Aqueles que, até o último dia do ano a ser declarado, tinham posses somando mais de R$ 300 mil;

As pessoas que alcançaram a receita bruta acima de R$ 142.798,50 em atividades rurais;
Todos aqueles que passaram a morar no Brasil, em qualquer mês do ano passado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here