Motoristas de vans fazem mobilização em frente a CRE

0
207

No ato, a coordenadora Regional de Educação Rosa Maria de Souza recebeu as reivindicações dos empresários e motoristas de vans escolares, que desde o decreto de pandemia estão parados.

O empresário e motorista João Augusto Nascimento, que falou pelo grupo de manifestantes, disse que a ideia é chamar a atenção da comunidade sobre o transporte escolar e levar ao conhecimento da sociedade as dificuldades que estão passando. “Para início das aulas fizemos vários investimentos nos veículos para adequar eles à prestar o serviços”, detalha ele. Com a interrupção das aulas, as vans também tiveram de parar. O pedido do grupo é para que o estado auxilie os profissionais com ajuda de custo para que possam manter as atividades.

A partir do diálogo com Rosa, os empresários se mostraram otimistas, uma vez que tiveram retorno que a proposta para pagamento do custo operacional está com a Procuradoria Geral do Estado (PGE) e Seduc aguarda para que Secretaria Estadual da Fazenda possa fazer o pagamento aos que possuem contrato com o estado. “Acredito que eles ficaram mais tranquilos, e nós também, porque acompanhamos a angustia deles ao longo desses meses”, pondera Rosa. “Ficamos bem felizes com essa possibilidade de pagamento.”

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here