Presos traficantes que estariam planejando matar rivais

0
411
Materiais apreendidos pelos policiais. Polícia Civil/Divulgação

Na madrugada desta quarta-feira (22), agentes da Polícia Civil – Operação Fronteira e Brigada Militar de Porto Xavier, sob o comando do delegado Heleno dos Santos e da capitã Liliane Engers Fracalossi, realizaram a prisão de dois criminosos, oriundos da região de Santo Ângelo, que teriam vindo a Porto Xavier para executar rivais no tráfico, supostamente a mando de um preso recolhido na PASC/Charqueadas/RS.

O trabalho policial teve início a partir de patrulhamento de rotina da Brigada Militar, ocasião na qual um veículo GM/Prisma (clonado – roubado em São Leopoldo) acabou sendo localizado no bairro São Francisco, em atitude suspeita, tendo empreendido fuga logo depois de avistado. Seguido por uma patrulha da BM, os tripulantes do veículo acabaram dispensando uma arma de fogo na fuga (arma apreendida posteriormente), abandonando o veículo e embrenhando-se numa mata, próximo ao rio São Francisco. No interior do veículo foram aprendidas camisetas da Polícia Civil e balaclavas (toucas ninja).

Na sequência, foi feito um cerco policial, que acabou forçando dois dos criminosos a saírem da mata. Um deles acabou furtando um veículo de um comerciante local, fugindo em alta velocidade na direção de Santo Ângelo, sendo acompanhado de perto por uma viatura policial, que acabou interceptando o veículo na BR-392.

O criminoso ainda tentou arremeter o veículo contra o delegado Heleno e um PM, acabando por cair numa sarjeta, ao lado da estrada, quando ainda tentou fugir a pé pela mata. Em seguida, o Delegado e o Sd/PM conseguiram imobilizar o agressor, prendendo-o em seguida.

No decorrer das diligências, policiais militares ainda lograram prender em flagrante outro dos criminosos (também oriundo de Santo Ângelo), que saiu da mata e tentou fugir a pé pela rodovia.

Os trabalhos policiais prosseguem, na tentativa de identificar e prender outros envolvidos nos crimes.

Os presos foram autuados e conduzidos ao Presídio Regional de Santo Cristo. (Polícia Civil)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here