Projeto de implantação de pomares estimula produção de frutas

0
179
Família Ebone, da localidade de Ressaca Buriti, está participando do projeto com o objetivo de ter frutas durante todo o ano. Foto: Divulgação

​​​​​Cultivar o próprio alimento é investir em qualidade de vida e em segurança e soberania alimentar para a família, além de, em muitos casos, poder se transformar em mais uma fonte de renda. Foi pensando nisso que a equipe do Escritório Municipal da Emater/RS-Ascar de Santo Ângelo, vinculada à Secretaria Estadual de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr), tem incentivado a implantação de pomares no município.

Em um primeiro momento a proposta foi apresentada às 100 famílias que integram o Programa Socioassistencial executado no município pela Emater/RS-Ascar, sob coordenação da extensionista social Thaís Trindade de Ávila.

Entre as famílias que recebem assistência técnica e social por meio do programa está a do casal Luiz e Leonilda Ebone, e do filho Marlon, da comunidade Ressaca Buriti.

Fruta o ano todo

Na propriedade dos Ebone está sendo implantado um pomar com o propósito de obter frutas durante todo o ano.

O projeto elaborado pelo Escritório Municipal da Emater/RS-Ascar orientou a escolha e distribuição das espécies na área destinada ao pomar, assim como as técnicas de plantio em relação à adubação e tratos iniciais.

“Este foi o primeiro pomar implantado neste modelo, nossa expectativa é que nos próximos anos outros sejam implantados no mesmo molde, mas sempre respeitando os desejos da família em relação às frutas que desejam produzir”, explica a extensionista da Emater/RS-Ascar, Márcia Dezen.

No caso dos Ebone foram cultivados 50 exemplares, entre elas, nogueira pecã e mudas de pêssego, ameixa, goiaba, caqui e frutas cítricas como laranja, bergamota e limão.

Os próximos passos, de acordo com Thaís, são o envolvimento de outras famílias em oficinas de processamento de frutas, realização de dia de campo sobre segurança e soberania alimentar, em momento oportuno, seguindo as recomendações das autoridades de saúde, assim como assessoramento na gestão de recursos existentes nas propriedades.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here