Reunião debate ações e reflexos da pandemia na produção rural

0
224
Movimento pretende questionar o Governo do Estado sobre aquisição de cestas básicas para a rede de ensino estadual sem produtos da agricultura familiar. Divulgação

Lideranças políticas e do setor dos pequenos produtores rurais reuniram-se no último sábado (23), na Feira de Agricultura Familiar de Santo Ângelo, para debater as ações e avaliar os reflexos da pandemia de Covid-19 neste importante setor da economia na região.

O encontro teve a participação do deputado Eduardo Loureiro, do prefeito Jacques Barbosa e do coordenador municipal das Agroindústrias Diomar Formenton, juntamente com a presidente da Associação dos Produtores de Produtos Coloniais e Hortifrutigranjeiros de Santo Ângelo, Márcia Brutti; do coordenador do Café Colonial Missioneiro, Reinaldo Machado, e Alamir Moura, da Agroindústria Dafla Buriti.

Na reunião foi destacada a boa condução da prefeitura em apoio aos pequenos agricultores familiares de Santo Ângelo neste momento. Um exemplo disso são aquisições de alimentos para a merenda escolar, que está sendo realizada até 30% diretamente dos produtores locais, cumprindo com a legislação federal vigente. “A administração municipal tem cumprido com a legislação e até incrementado outras ações em apoio à produção rural, isso é muito positivo”, avalia o deputado Loureiro.

Por outro lado, as lideranças demonstraram preocupação com o possível descumprimento dessa legislação por parte do governo do Estado em recente aquisição de cestas básicas para a rede de ensino estadual. Foram compradas cestas básicas que totalizam mais de R$ 21 milhões totalmente das redes atacadistas, sem atender o percentual que obriga que parte da compra deva ser feita diretamente de pequenos agricultores familiares.

Em sintonia com Federação da Agricultura Familiar (Fetag), o deputado Loureiro já está mantendo contato com a Secretaria Estadual de Educação para tratar do assunto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here