Santo Ângelo registra o 52º óbito por Covid-19

0
222

O município de Santo Ângelo registrou o 52º óbito por Covid-19. A vítima é Elias Maciel da Roza de 54 anos de idade. Natural de Vitória das Missões, ele era morador do Bairro Oliveira de Santo Ângelo.

Além de Covid-19 tinha outras comorbidades como insuficiência respiratória aguda, infecção respiratória aguda e pneumonia. Ele faleceu às 17h30 no Hospital Santo Ângelo.

Desde o início da pandemia, são 2648 confirmados, dos quais 2384 (90,03%) estão recuperados.

São 213 casos ativos, sendo 191 em isolamento domiciliar e 22 internados (13 em UTI´s).

Além disso, 235 pessoas aguardam resultados de exames e são considerados casos suspeitos.

Com 52 óbitos registrados desde o início da pandemia, a taxa de letalidade no município de Santo Ângelo está em 1,96%.

Novas restrições determinadas pelo estado

Diante do aumento do número de casos de Covid-19 em todas as regiões, o governo do Estado anunciou medidas emergenciais para enfrentamento à pandemia.

São novas restrições à circulação de pessoas e a suspensão do sistema de cogestão do Distanciamento Controlado, que devem durar duas semanas, mas, se for necessário, não está descartado a prorrogação do prazo ou alteração dos protocolos.

Entre as medidas está a suspensão das festas e eventos fim de ano, de prefeituras ou de estabelecimentos privados, inclusive em condomínios. Além disso, as reuniões privadas ou familiares deverão ter o limite máximo de dez pessoas, excluídas as crianças até 14 anos.

Com relação a cogestão, o Estado determinou que as medidas estão suspensas, ou seja, se a região for classificada em Bandeira Vermelha deverá seguir todas as restrições da mesma. Foram alterados os quesitos da Bandeira Vermelha, com permissão de comércio, sem restrição de dias, mas com restrição de horário (até 20h); permissão de restaurantes, lancherias e bares, sem restrição de dias, mas com restrição de horário (até 22h), clientes somente sentados, com distanciamento de dois metros entre mesas para grupos de até seis pessoas, sem música ao vivo ou ambiente que prejudique a comunicação; permissão de funcionamento de atividades em locais abertos, com controle de acesso, vedado alimentação e bebidas e vedado o funcionamento de atividades em locais fechados (teatros, cinemas e casas de shows etc.) e vedada a permanência em locais abertos sem controle de público (ruas, praias, parques e praças etc.), permitida apenas circulação ou prática de exercícios físicos, além de serem vedados eventos sociais (casamentos, festas, formaturas e aniversários etc.)

Números de casos

Mês                                                                        Casos
Abril:…………………………………………………………..01 caso
Maio:…………………………………………………………..64 casos
Junho: ………………………………………………………..123 casos
Julho:…………………………………………………………..153 casos
Agosto:…………………………………………………………320 casos
Setembro:……………………………………………………..362 casos
Outubro:………………………………………………………..572 casos
Novembro:……………………………………………………1.054 casos

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here