Treze mil santo-angelenses devem prestar contas ao Leão

0
196
Este ano, cerca de 32 milhões de contribuintes devem prestar contas ao Fisco. Foto: Divulgação/JM

O prazo de entrega da declaração de Imposto de Renda iniciou nesta segunda-feira (2), e irá até as 23h59min de 30 de abril.

Segundo informações do jornalista contábil, Leandro Santos, em Santo Ângelo são 13 mil contribuintes que devem efetuar a declaração.

Destes, 5,3 mil declaram pelo modelo completo e 8,3 mil enviam pelo modelo simplificado. No país a Receita Federal espera receber 32 milhões de declarações.

VALORES
Para se ter uma noção em valores, no município, R$ 3,9 bilhões é o total, em reais, do que os contribuintes possuem para declarar em bens e direitos (como investimentos financeiros, por exemplo). Já R$ 300 milhões é o total de dívidas e ônus dos contribuintes do município.

Vale lembrar que o Imposto de Renda declarado em 2020 refere-se ao chamado ano-calendário 2019, ou seja, o contribuinte deve declarar seus rendimentos e gastos realizados no ano passado.
De acordo com Leandro, os 13 mil contribuintes em Santo Ângelo não estão somados à toa.

“Apesar de o próprio símbolo da Receita Federal ser um Leão, um animal poderoso e amedrontador, o processo obrigatório não precisa ser feito com medo ou tensão”, diz o jornalista.

Para declarar, é preciso juntar todos os documentos que comprovam tanto as receitas (ou rendimentos) quanto as despesas. Informe de rendimentos das fontes pagadoras, contratos de compra e venda, de investimentos com corretora de valores e despesas médicas são documentos obrigatórios para quase todos os cidadãos.

ENVIO
As documentações citadas acima são exemplos das mais comuns, mas não são as únicas exigidas. Lembre-se que cada rendimento e cada despesa precisa ser comprovado e, portanto, é possível que cada contribuinte possua outras a apresentar. Junte e organize todas elas e comece a declarar o Imposto de Renda.

Existem muitas maneiras de enviar a declaração, sendo uma das mais conhecidas a contratação (e, portanto, gasta-se com) um contador. Entretanto, é possível fazer de graça.

Restituição deve alcançar
R$ 10 milhões em Santo Ângelo

A restituição do Imposto de Renda é o momento em que o Leão devolve o dinheiro aos contribuintes que pagaram mais impostos do que deveriam.

Em outras palavras, grande parte dos contribuintes têm os Impostos de Renda retidos na fonte pagadora, ou seja, a empresa em que trabalha, por exemplo, já tira parte do valor do salário, por mês, e encaminha ao governo.

Se, ao final do ajuste de contas o governo perceber que o contribuinte pagou a mais do que deveria, ele devolve o valor, corrigido pela Selic, a taxa de juros básica do País.

E, somente em Santo Ângelo, o governo irá restituir R$ 10 milhões aos contribuintes.

Portanto, fique atento à data da entrega da sua declaração e, depois, aos lotes de restituição, para saber exatamente quando você restituirá, se tiver algo a receber.

“Portanto a dica é enviar o quanto antes para, se for o caso, restituir também o quanto antes. Contudo, é preciso organização dos documentos comprovantes das despesas e rendimentos: comece a separá-los”, aconselha Leandro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here