UPA passará a atender 24 horas

0
473
Foto: Fernando Gomes/AI Prefeitura de Santo Ângelo

O prefeito Jacques Barbosa confirmou nesta sexta-feira, 13, que a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) passará a atender 24 horas em fevereiro ou março. A confirmação do aumento do atendimento se deu tão logo o Governo Federal confirmou o repasse de R$ 900 mil para custeio. “Será ampliado o serviço de referência para essa região da cidade, atendendo os pacientes encaminhados pelas Unidades Básicas e a demanda espontânea”, salienta o prefeito.

A UPA foi aberta em setembro de 2018, concretizando um compromisso assumido pela atual administração. Localizada na Rua Dr. Antão Assis Brasil, 480, em anexo ao Centro Social Urbano do Bairro Pippi, a UPA atendeu, somente no mês de novembro, 3.476 atendimentos.

No primeiro ano de funcionamento, a UPA atendeu 40.118 pessoas, numa média de 3.344 consultas ou procedimentos mensais.

A habilitação para funcionamento 24 horas já havia sido dada pelo Ministério da Saúde, mas faltava o repasse para o custeio.

Jacques ressalta que o funcionamento da UPA marcou um novo tempo para a saúde em Santo Ângelo e foi um ato de coragem do Governo Municipal, que mesmo diante da escassez de recursos e da incerteza dos repasses legais da União e do Estado, encontrou na gestão austera e otimização dos recursos o respaldo necessário para promover a abertura da Unidade. “Antes da UPA, o Município não ofertava nenhum atendimento para o cidadão das 17 horas da sexta até a manhã da segunda. E toda a demanda era levada para o Hospital Santo Ângelo (HSA). A UPA mudou essa realidade, aliviou o HSA e ampliou o atendimento à nossa população”, afirma o prefeito.

O secretário municipal de Saúde, Luis Carlos Cavalheiro, afirma que será feita uma reavaliação do quadro de servidores para identificar possíveis necessidades de reforços, já que não irá ser promovida apenas a ampliação do horário de funcionamento, mas, também, dos serviços ofertados. A data da entrada em funcionamento 24 horas depende dessa análise e das definições que serão tomadas a partir dela.

O Governo Federal repassará ao Município cerca de R$ 1,8 milhão, sendo metade desse recurso para custeio da UPA e o restante para as Estratégias de Saúde da Família (ESFs) e atenção básica.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here