1º B Com realiza formatura e presta homenagem a civis e militares

0
86

Programa foi alusivo ao aniversário de criação da unidade e comemoração do Dia do Soldado

O 1º Batalhão de Comunicações de Santo Ângelo realizou na manhã desta quarta-feira (21) a formatura geral da Guarnição Militar Federal. O evento ocorreu no pátio de formaturas do 1º B Com, na presença de autoridades civis e militares, como o comando do Exército, da Brigada Militar, vereadores e secretários municipais.

Na ocasião, foram homenageados militares e civis pelos serviços prestados ou pelo apoio ao Batalhão. Ao relatar o histórico da unidade, o comandante do 1º B Com, Luiz Carlos Amaro Damasceno, ressaltou que “graças ao trabalho dos antepassados militares, temos hoje um grupo qualificado de relações humanas e de tecnologia para fornecer os melhores serviços de comunicações”.

Damasceno lembrou que o 1º Batalhão de Comunicações é originário da Companhia Escola de Transmissões, recriada no Rio de Janeiro em 11 de outubro de 1945, ou seja, há 68 anos. Sua sede ficava dentro da Escola de Comunicações, na então capital federal, onde atualmente se encontra a Escola de Logística. Em 1953, foi renomeada como Companhia Escola de Comunicações. Já em 1966, foi transformada no 1º Batalhão de Comunicações Divisionário (1º B Com Div), ainda no RJ, onde atualmente se encontra o 20º Batalhão Logístico Paraquedista.

Com algumas mudanças na organização do Exército, as unidades do Comando da 16ª Brigada de Infantaria Motorizada e o 61º Batalhão de Infantaria Motorizado (Batalhão Marechal Thaumaturgo de Azevedo), que eram de Santo Ângelo, foram para o Amazonas e o Acre em 1992. Assim, ficou definido que o 1º Batalhão de Comunicações Divisionário passaria a ocupar as instalações deixadas pelas duas unidades, e passaria a ser subordinado à 3ª Divisão de Exército (Divisão Encouraçada), com sede em Santa Maria.

MUDANÇA PARA SANTO ÂNGELO

Conforme lembrou o comandante do Batalhão de Comunicações, a partir de 1992 iniciou a mudança de sede da unidade militar, sendo concluída oficialmente no dia 1º de janeiro de 1993. Em 2000, o 1º B Com Div passou a denominar-se “Batalhão General Mário da Silva Miranda”, comandante da Companhia de Transmissões da Força Expedicionária Brasileira, que combateu na 2ª Guerra Mundial.

Em 2003, o 1º B Com Div foi transformado em 1º Batalhão de Comunicações (1º B Com). Hoje, a principal capacidade do batalhão é instalar, explorar, manter e defender um Sistema Tático de Comunicações que proporcione comunicações ágeis e flexíveis às unidades blindadas e mecanizadas desdobradas em uma área de 120 km x 120 km.

HOMENAGENS

Após a leitura do histórico do Batalhão, foram homenageados com troféus e diplomas civis e militares, pela colaboração e pelos serviços prestados ao 1º B Com.