2ª Mostra Missões será uma oportunidade de fomentar negócios, diz Carlos Ely Jr.

0
103

Presidente destaca atrações nos setores como o comércio, serviços, agricultura entre outros

Um misto de atrações dos segmentos comércio, serviços, cultura, lazer, agricultura e pecuária, bem como um espaço especial para a construção, espera os visitantes durante a 2ª Mostra Missões, que acontece de 19 a 22 de junho no Parque de Exposições Siegfried Ritter. As atrações serão diárias e totalmente gratuitas.

A comissão organizadora está concluindo a comercialização de estandes nos pavilhões 1 e 2 e na área externa, bem como no espaço da agricultura familiar.

Começamos a montagem de estantes. Os pavilhões terão espaços que atendem a inovação, em um misto de estande com a montagem do showroom pelo expositor”, destaca o presidente da 2ª Mostra Missões, Carlos Ely Merljak Junior, que é gerente regional da Vonpar.

Conforme o dirigente, o objetivo do evento é dar visibilidade e oportunidade de geração de negócios e troca de conhecimento para todos os setores da economia regional, além de atender o público com entrada franca. “É uma oportunidade de fomentar negócios”, resume o presidente.

ATRAÇÕES CULTURAIS
Em frente ao pavilhão 1 do Parque da Fenamilho será montado um multipalco coberto, com capacidade para 600 pessoas, que abrigará atrações culturais e de lazer. Haverá shows locais e regionais de diferentes estilos, como gauchesco, gospel e corais, e a grande atração que será o show de César Oliveira e Rogério Melo.

Além de shows e comercialização de produtos e serviços, em paralelo à Mostra Missões será realizada a 7ª Feira Municipal da Agroindústria e Agricultura (Feaagri) e a 1ª Construmissões. Além disso, como o evento acontece durante a Copa do Mundo, haverá telões espalhados pelo parque para transmitir os jogos. Para as crianças, serão instalados brinquedos. O parque abrirá diariamente das 10h às 22h, com atrações culturais sempre a partir das 19h.

“Decidimos retomar esse evento, a Mostra Missões, porque entendemos que mostrar as Missões, o que somos e comercializamos, é importante e mais abrangente do que fazer um evento local”, justifica Carlos Ely. O evento é custeado por patrocinadores, expositores e tem auxílio de R$ 85 mil do poder público municipal, aprovado na última segunda-feira pela Câmara de Vereadores por unanimidade.

A intenção, segundo o presidente da Mostra, é que o evento seja realizado a cada dois anos, nos anos pares, em que não acontece a Fenamilho. Dessa forma, a Mostra Missões seria realizada no mesmo ano da Fenasoja, de Santa Rosa, e a Fenamilho no mesmo ano do Hortigranjeiros, sem prejudicar nenhuma das feiras. “Acredito que podemos caminhar no sentido de antecipar a organização desses eventos, até para facilitar a captação de recursos”, acrescenta Carlos Ely.