30 mil doses de vacina contra a Gripe A chegam às Missões nesta quinta-feira

0
84

Para Santo Ângelo serão destinadas 8 mil doses

As 12 mil doses da vacina contra a Gripe A que chegaram a Santo Ângelo nesta semana já foram todas distribuídas a população entre terça (3) e quarta-feira (4).

Ontem, formaram-se enormes filas nos postos de vacinação do município. A maior concentração de pessoas em busca da vacina foi no posto móvel da Praça Leônidas Ribas, onde enfermeiros do Exército ajudaram na aplicação.

Na terça-feira, na sede da Secretaria Municipal de Saúde, na rua Bento Gonçalves, foram distribuídas senhas para organizar o atendimento.

A secretária de saúde, Rosa Severo, afirma que toda a população de risco já foi vacinada e que agora as doses estão sendo destinadas as demais pessoas.

O chefe da 12ª Coordenadoria Regional de Saúde (CRS), Lói Biacchi, disse que serão distribuídas mais 3 mil doses, que sobraram em alguns postos do município e que serão remanejadas.
O prefeito de Santo Ângelo Eduardo Loureiro também anunciou que nesta quinta-feira (5), a Secretaria Estadual da Saúde vai liberar mais 30 mil vacinas para as cidades da Região das Missões. Destas, oito mil serão para imunizar a população de Santo Ângelo.

Rosa Severo informa que a distribuição destas doses somente ocorrerá na sexta-feira (6). Os postos de distribuição serão divulgados a partir das 13h de hoje, através do rádio.

VISITA

O prefeito Eduardo Loureiro confirmou para esta quinta-feira, a visita da diretora da Divisão de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Estadual da Saúde, Marilina Bercini. Ela irá acompanhar o trabalho de vacinação e se encontrar a partir das 8h, no auditório da 12ª CRS, com os agentes de saúde de 25 municípios da Região das Missões.

Diante do quadro em Santo Ângelo, onde quatro casos de gripe A foram confirmados, incluindo dois óbitos, e mais dois suspeitos, foi criado um Comitê de Enfrentamento da Doença. O grupo já definiu medidas de prevenção e uma delas é a distribuição de material informativo no comércio e em indústrias, que iniciou ontem pela manhã. Foi fixada, ainda, a restrição de visitas a pacientes do Hospital Santo Ângelo (HSA), com apenas um horário na UTI, das 11h às 11h10min. Nas demais unidades, só poderá entrar uma pessoa por vez.

Além disso, reuniões técnicas estão agendadas com representantes de escolas públicas e particulares, instituições bancárias e supermercados, além do transporte coletivo urbano, estação rodoviária e aeroporto. Foi sugerido que os bancos, supermercados e ônibus disponibilizem álcool gel para a população. Fazem parte do comitê integrantes da Secretaria Municipal da Saúde, 12 CRS, Serviço de Controle de Infecção do HSA, Programa Estratégia de Saúde da Família, Hospital da Guarnição Federal e Brigada Militar.

Vacina não é a única forma de prevenir a Gripe A, afirma chefe da 12ª CRS

O chefe da 12ª Coordenadoria Regional de Saúde (CRS), médico Lói Biacchi, informa que a vacina contra a Gripe A não é a única forma de prevenir a doença. “A vacina desenvolve dentro do organismo, em torno de 20 dias, o que chamamos de imunização, que são as condições de defesa contra o vírus Influenza H1N1”, explica.
Antes da vacina é importante estar atento as diversas formas de prevenção que devem ser feitas no dia-a-dia. São elas:

– Higienizar as mãos com frequência;
– Utilizar lenço descartável para higiene nasal;
– Cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir;
– Higienizar as mãos após tossir ou espirrar;
– Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca;
– Não partilhar alimentos, copos, toalhas e objetos de uso pessoal;
– Evitar aperto de mãos, abraços e beijo social;
– Reduzir contatos sociais desnecessários e evitar, dentro do possível, ambientes com aglomeração;
– Ventilar os ambientes.

Para pacientes com sintomas de gripe, a orientação é que procurem o médico para fazer o diagnóstico. Em caso de tratamento, será receitado o Osetalmivir (Tamiflu), que está disponível à toda a população.