9ª Festa do Butiá movimentou Giruá no fim de semana

0
105

Festa tradicional do município teve grande movimentação de público. Programação intensa teve ativida

Giruá foi palco da 9ª Festa do Butiá no último fim de semana. De sexta-feira (6) a domingo, a festa recebeu um grande número de visitantes no Parque de Exposições Olmiro Callai. A abertura oficial, na sexta-feira, contou com a presença de diversas autoridades e da comunidade. Em seu pronunciamento, o prefeito Fabiam Thomas reafirmou a importância desse evento para o município: “Tem um sentido diferente organizar a Festa do Butiá, porque o butiá significa nossa própria história, nossa origem e nossa razão de existir, por isso essa festa é tão especial para a comunidade de Giruá”.
Já a secretaria de Educação e Cultura e presidente da festa, Fátima Ehlert, explicou que a mudança de local para o Parque de Exposições deve ser compreendida como a escolha por um lugar privilegiado que conta com toda a estrutura necessária para o evento. Agradeceu ainda aos 94 expositores pela confiança, colaboração e auto-organização, garantindo que essa articulação faz com que a Festa do Butiá seja leve e de fácil organização, já que acaba por tomar forma naturalmente tendo em vista a dedicação de todos.

A FEIRA
Ainda na sexta-feira, houve visitação das escolas municipais aos estandes. A grande movimentação de crianças, pais e alunos fez a alegria do Parque de Exposições Olmiro Callai. A partir das 21h, ocorreu a segunda eliminatória do 1º Canto de Amor a Giruá.
O fim de semana começou com uma apresentação da Embrapa, do Projeto de Pesquisa sobre o Butiá. Já à tarde, houve o tradicional concurso gastronômico Balaio de Sabores, que em sua quarta edição trouxe receitas inovadoras em salgados, doces, agridoces e bebidas feitas com a fruta símbolo do município.
À noite, houve show cultural com a atração internacional Ballet Tradiciones, de Oberá, na Argentina. Logo após, o público pôde prestigiar o show étnico alemão com o Grupo Folclórico Heimatland, de Cerro Largo. Já às 20h, um toque de brasilidade foi dado pelo desfile da escola de samba Acadêmicos do Improvizo, vice-campeã do Carnaval santo-angelense de 2015, que levou à avenida a história e cultura de Giruá. Ainda, às 21h, teve a grande final do 1º Canto de Amor a Giruá, que premiou os três primeiros lugares e também melhor intérprete, melhor letra, melhor instrumentista, melhor arranjo, melhor melodia e música popular.
O domingo, último dia da Festa do Butiá, contou com o Encontro da Melhor Idade, a partir das 10h, no qual foi apresentada a Rainha dos 60 Anos. Ainda nesse mesmo momento, houve o Circuito da Música pelo Rio Grande, com o Grupo Sol Maior, de Tucunduva. À tarde, o show internacional da Cia de Dança Gemp, de Crissiumal, que foi a maior atração, a partir das 16h30min. O encerramento da 9ª Festa do Butiá foi realizado às 19h de domingo.

‘Crioulo da Cepa’ é a grande vencedora do 1º Canto de Amor a Giruá
Foram três noites de belos espetáculos com temas envolvendo a cultura e história giruaense que fizeram do 1º Canto de Amor a Giruá um grande sucesso. Realizado entre os dias 5 e 7, o festival fez parte das programações da 9ª Festa do Butiá e movimentou a comunidade regional. Artistas de diversas regiões do Rio Grande do Sul e também de outros estados se inscreveram para cantar o município e suas riquezas.
Foram 19 composições inéditas que concorreram aos três primeiros lugares e também a premiações especiais, que somaram cerca de R$ 20 mil. A canção nativista “Crioulo da Cepa”, de letra e melodia de Erlon Pericles, de Porto Alegre, que foi interpretada por Jorge Freitas, de Cruz Alta, foi a grande vencedora da noite, levando o primeiro lugar e também o prêmio de melhor melodia.
O segundo lugar ficou com Nenito Sarturi e sua música “Um canto de amor a Giruá”, escrita, composta e interpretada por ele, que veio de Santiago para o festival. Nenito ganhou também na categoria melhor intérprete.
Já o terceiro lugar ficou com a canção “Meu Canto a Giruá”, interpretada por Fábio Modelski, com letra de Otávio Reichert e melodia de Eduardo Saragoso, todos de Santo Ângelo. Outro destaque da competição foi a música “Pelas ruas de Giruá”, que ganhou os prêmios de melhor letra, escrita por Cecília Maicá, e melhor arranjo, pela melodia de Marcos David Alves.
O prefeito Fabiam Thomas agradeceu a participação de todos os artistas e também o prestígio da comunidade, que compareceu em grande número nas três noites de festival. Sob aplausos, anunciou a confirmação da segunda edição do Canto de Amor a Giruá, que deverá ocorrer no próximo ano, novamente durante as programações da Festa do Butiá.

OS VENCEDORES
1º lugar: “Crioulo da Cepa”, interpretada por Jorge Freitas, com letra e melodia de Erlon Pericles;

2º lugar: “Um canto de Amor a Giruá”, com interpretação, letra e melodia de Nenito Sarturi;

3º lugar: “Meu Canto a Giruá”, interpretada por Fábio Modelski, com letra de Otávio Reichert e melodia de Eduardo Saragoso;

Melhor intérprete: Nenito Sarturi;

Melhor letra: “Pelas Ruas de Giruá”, de Cecilia Maicá;

Melhor instrumentista: Cleberson, gaita pianada;

Melhor melodia: “Crioulo da Cepa”, interpretada por Jorge Freitas, com letra e melodia de Erlon Pericles;

Melhor arranjo: “Pelas Ruas de Giruá”, interpretada por Mauro Dias, com letra de Cecilia Maicá e melodia de Marcos David Alves;

Música popular: “Terra Abençoada”, interpretada por João Paulo e Jardel, com letra de Jardel Pereira da Luz e melodia de João Paulo Pereira da Luz.