Aeroclube: Justiça pode determinar liberação das aulas práticas

0
109

Dalla Porta informou nos próximos dias deverá ser divulgado um parecer sobre o caso

Após a realização de auditoria, feita pela Gerência de Certificação de Organizações de Instrução (GCOI), órgão ligado à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), foram retomadas as aulas teóricas dos cursos de Piloto Privado, Piloto Comercial, Instrutor de Voo e Voo por Instrumentos no Aeroclube de Santo Ângelo. As aulas no simulador de voo também foram liberadas pela Anac. As aulas práticas, que estavam sendo realizadas em Santa Rosa, continuam suspensas. De acordo com o presidente do Aeroclube, Paulo Barcelos Dalla Porta, a retomada das aulas práticas pode se dar por meio de decisão judicial.

De acordo com ofício divulgado pela Anac, “a GCOI decidiu pela manutenção da suspensão cautelar da Homologação dos Cursos Práticos do Aeroclube de Santo Ângelo, até que o aeródromo seja reaberto ao tráfego aéreo ou até que o Aeroclube obtenha Autorização Especial para Curso Fora de Sede”.

Dalla Porta informou que já esteve em contato com a Justiça Federal e que nos próximos dias deverá ser divulgado um parecer sobre o caso. “Já fizemos o pedido para o juiz na Vara de Justiça Federal de Santo Ângelo. O pedido está em análise e nesta semana ou na semana que vem sairá um parecer favorável ou não pela continuidade dos cursos em Santa Rosa. Com a suspensão do Aeroporto, que não tem data prevista para voltar a funcionar, nós dependemos muito desta autorização”, mencionou.

ENTENDA O CASO
Em 22 de julho a Anac suspendeu as atividades do Aeroclube, que estavam sendo realizadas em Santa Rosa, tanto as aulas teóricas quanto as práticas. Entre os dias 5 e 7 de novembro, técnicos da agência realizaram auditoria técnica no Aeroclube para verificar as condições de operação.

Realizaram a vistoria o especialista em regulação de aviação civil Ronaldo Wajnberg Gamermann e a inspetora de aviação civil Joice Corso Amantéa. Os dados colhidos foram encaminhados para a GCOI, que no dia 26 de novembro publicou no Diário Oficial a Portaria nº 2801/SPO, revogando a suspensão das aulas teóricas e autorizando as aulas no simulador de voo.