Agricultores conhecem híbridos de milho tolerantes às lagartas

0
101

Agricultores de várias cidades da região visitaram nesta terça-feira (30) a Expomilho, evento permanente que acontece durante a Fenamilho Internacional – 16ª edição.

Uma das novidades apresentadas pelas empresas expositoras foram os híbridos de milho tolerantes às lagartas.

A empresa Linagrain Guerra (LG) trouxe ao evento variedades de milho convencional e tolerantes ao ataque de lagartas. “São materiais com potencial de produtividade acima de 65 toneladas por hectare”, disse o assistente técnico Rafael Schneider.

Segundo o coordenador de negócios Almir Antônio Grigói, a empresa KSP Sementes, no Rio Grande do Sul, expõe híbridos de milho que servem para silagem e grãos para venda.

“Temos aqui milho sem transgenia e sem tecnologia para evitar a lagarta”, disse.

No entanto, para evitar o ataque de lagartas, a empresa recomenda aos agricultores o uso de inseticidas. “No momento da dessecagem é recomendado usar 400 ml de cipermetrina; no 7º dia usa-se 300 ml; no 14º dia usa-se 200 ml e no 21º dia após o plantio usa-se 200 ml de cipermetrina mais 200 gramas de dimelin”, explica.

A Expomilho acontece desde 2009. Segundo o coordenador da Comissão de Agricultura, Diomar Lino Formenton, o objetivo é demonstrar o potencial da cultura do milho na região das Missões, através da exposição de híbridos de milho e suas tecnologias, em uma área demonstrativa de aproximadamente seis hectares de terra, junto ao Parque de Exposições Siegfried Ritter.

Este ano, além de híbridos de milho, estão expostos sorgo, feijão e soja. “A ideia é trazer pessoas de toda a região para a nossa feira a fim de conhecerem as características de cada cultivare”, diz o coordenador da Expomilho Vander Moreira da Rosa.

São empresas parceiras deste evento: Santa Helena, Linagrain Guerra, KSP Sementes, Emater/RS, Governo do Estado do Rio Grande do Sul, Prefeitura Municipal de Santo Ângelo, Semagri, Departamento Municipal de Meio Ambiente (Demam), Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Santo Ângelo, Cotrisa e Comdasa.