Agroindústria de farináceos mantém família Rohde no meio rural em Santo Ângelo

0
325
Marli Rohde, 49 anos, mostra os produtos fabricados. Foto: Daniele Angnes/JM
Em frente à agroindústria Rohde, o casal Marli e Dalvio e os filhos Délcio Ricardo, 17 anos e Daltro Augusto, 19. Foto: Daniele Angnes/JM

Uma importante alternativa de geração de renda e fortalecimento aos agricultores tem oportunizado a permanência da família Rohde no meio rural, na localidade de Travessa do Meio – Buriti, distante 13 quilômetros do centro de Santo Ângelo.

Marli Rohde, 49 anos, o esposo Dalvio, 47 e os filhos Daltro Augusto, 19, Délcio Ricardo, 17 e Daiana, 25, trabalham na produção de pães, cucas, bolos, bolachas e calça virada na Agroindústria de Farináceos Rohde, legalizada pela Vigilância Sanitária do Estado do Rio Grande do Sul em agosto de 2015. “A agroindústria é uma alternativa de renda para nós que já não plantamos soja há uns 10 anos”, conta Dalvio.

Marli participou de vários cursos de capacitação para preparo e elaboração de receitas e boas práticas na manipulação de alimentos e a produção é comercializada em mercados locais, à domicílio, na Feira de Hortigranjeiros e, em especial, mercados institucionais, como no Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) do Exército e PAA Municipal – só nestes programas a família fatura em torno de R$ 20 mil por ano.
A agroindústria possui o certificado de inclusão no Programa Estadual de Agroindústria Familiar (Peaf), da Secretaria de Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo (SDR), que permite a adesão do Selo Sabor Gaúcho à produção da agroindústria. O Sabor Gaúcho é um selo de identificação mas que também, certifica a qualidade do produto.

Na propriedade de 11 hectares, os Rohde ainda produzem mandioca, batata doce, moranga, abóbora e possuem uma pequena criação de gado leiteiro e de corte. “Aqui produzimos quase tudo o que precisamos para nos alimentar. Alguns dizem que no interior é difícil, mas na cidade é muito mais”, afirma o filho Daltro ao responder sobre a sua permanência no interior.
Encomendas podem ser feitas pelos telefones: (55) 99948-6461 e 99632-1510.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here