Área plantada de trigo chega a 98% em Santo Ângelo

0
114

Plantio será concluído dentro do período estabelecido no Zoneamento Agrícola

O plantio da safra de trigo teve um avanço significativo em Santo Ângelo, que no momento está praticamente concluído no município. Conforme o chefe do escritório local da Emater/RS-Ascar, engenheiro agrônomo Álvaro Uggeri Rodrigues, a estimativa é de que 98% da área já esteja plantada.

Rodrigues explica que o plantio será concluído dentro do período estabelecido no Zoneamento Agrícola, o que indica que a cultura foi estabelecida na melhor época e sem atrasos. “Este ‘atraso’ de que foi bastante comentado, se originou em relação à intenção de muitos produtores efetivarem o plantio um pouco mais cedo do que está ocorrendo neste ano, e isso não foi possível devido ao excesso de umidade ocorrido no mês de maio”, ressalta, complementando que não se pode afirmar que o ocorrido causou prejuízos à produtividade.

Neste momento, em que a maioria das lavouras estão implantadas e estão em período de germinação/emergência, o clima ideal para que a cultura se desenvolva seria a ocorrência de chuvas para que as lavouras tenham boa uniformidade de emergência. “Ou seja, que o trigo, como dizem os agricultores, ‘venha parelho’”, explica Álvaro. No geral, para que ocorra um bom desenvolvimento da cultura, as condições climáticas para as próximas semanas deveriam ser de temperaturas amenas, dias mais secos e de intensa luminosidade. “Convém lembrar também, que a cultura do trigo, nesta fase e no desenvolvimento vegetativo, tem condições de suportar frios intensos, inclusive com geadas, sem prejuízos na produção”, destaca o agrônomo.
Em Santo Ângelo, a área plantada de trigo registrou uma diminuição de 11 mil hectares da safra passada para 9 mil hectares nesta, com uma estimativa de produtividade de 3 mil quilos por hectare, conforme primeira avaliação da Comissão Municipal de Estatísticas Agropecuárias (Comea). Em geral, o produtor substituiu o plantio do trigo predominantemente pela aveia preta e a aveia branca, sendo seus destinos para produção de grãos ou para alimentação animal, na forma de pastagens.

No dia 11 de julho, em reunião da Comea, será realizada a segunda avaliação sobre a área e a produtividade das culturas de inverno e apresentados os dados finais das culturas de verão. Na ocasião, conforme destaca o chefe da agência do IBGE de Santo Ângelo, Milton Paulo Justen Boelke, também será dado início aos trabalhos do Censo Agropecuário 2017, a partir de reunião da Comissão Municipal de Geografia e Estatística (CMGE). O trabalho de campo do Censo iniciará em 1º de outubro deste ano.  

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here