Associação Santo-angelense Lar do Menino terá novo espaço para bebês

0
103

Novo ambiente será inaugurado nas próximas semanas

Há menos de um mês à frente da Associação Santo-angelense Lar do Menino, a nova gestão, presidida por Rosa Cecília de Oliveira Marcondes, está concluindo um novo espaço exclusivo para crianças de zero a um ano. A estrutura física do local foi reformada, restando para os próximos dias instalar a mobília e os equipamentos necessários para o funcionamento. O novo espaço vai beneficiar as cinco crianças dentro desta faixa etária assistidas pela entidade atualmente.

O ambiente contará com tatame para recreação com segurança, trocador, espaço para banho, televisão e aparelho de som para a “Hora do Desenho e da Música”, livros infantis para a “Hora do Conto” e espaço para a “Hora do Estímulo”. A médica pediatra Adriana Pizzutti dos Santos, que faz parte da gestão do Lar, é uma das idealizadoras e desenvolvedoras do projeto.

O LAR
Com o intuito de desenvolver atividades que visam ao atendimento de crianças, adolescentes e famílias em situação de risco, promovendo a sua proteção com direito à vida, ao exercício da cidadania em condições de liberdade e dignidade, o Lar do Menino existe desde 1965 e atualmente trabalha com sua capacidade máxima, atendendo 20 crianças. Cinco delas de zero a um ano e o restante de crianças e adolescentes de até 16 anos. Apesar do nome, a entidade também atende meninas.

“O Lar funciona assim como uma família, só que aqui é uma grande família. Além das crianças, o Lar é extensivo também às famílias das crianças atendidas”, diz Rosa Marcondes. A presidente salienta ainda que este atendimento é feito pela assistente social Tereza Rozeli Flores Reis e pela psicóloga Vanessa de Lima Amaral dos Reis, além da equipe de colaboradoras.

VOLUNTÁRIOS
Rosa Marcondes destaca que atualmente existe uma parceria com estagiários do curso de Educação Física da Universidade Regional Integrada (URI). Os educadores auxiliam na recreação e demais atividades físicas. “Os estágios voluntários estão abertos a todos os profissionais, inclusive concedemos atestados de estágio, o que conta como horas de atividades complementares de graduação. Também gostaríamos de contar com estagiários das demais áreas e instituições, como os cursos de Pedagogia, Fisioterapia, Psicologia, entre outros, que existem nas instituições de ensino de Santo Ângelo”, salienta Rosa.

A presidente ressalta ainda que quaisquer pessoas podem contribuir com o trabalho voluntário e que é muito importante “uma atenção, um colo, um carinho com as crianças”. Um próximo projeto a ser desenvolvido, e que também necessita do auxílio de voluntários, é uma oficina de música. Para isso, o Lar busca interessados em contribuir com aulas de canto ou música.

DOAÇÕES
Segundo a presidente, a campanha para arrecadação de fraldas, iniciada na semana passada, foi muito bem recebida pela comunidade. “A campanha foi muito bem acolhida. De antemão agradecemos as doações que vieram e as futuras.” A necessidade agora seriam fraldas do tamanho GG, além dos sempre bem-vindos materiais como amaciante de roupa, fronhas e lençóis de solteiro.

Quem quiser colaborar pode comparecer na Rua Padre Manoel da Nóbrega, 320, uma quadra acima da Delegacia de Polícia Civil. Mais informações através do e-mail [email protected] ou pelo telefone (55) 3313-1419. A presidente Rosa Marcondes atende o público todas as terças e sextas-feiras pela tarde. Todas as doações são registradas com nome, número de telefone e assinatura do doador.