Azul instala guichê para check-in no Aeroporto Regional de Santo Ângelo

0
104

Certificação do aeródromo deverá ser liberada na primeira semana de março

Com a notícia de que o Departamento Aeroportuário (DAP) do Rio Grande do Sul encaminhou na quinta-feira (23), à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) o relatório com imagens sobre a conclusão das obras de terraplenagem para nivelamento da área nas laterais da pista, exigidas para a liberação de voos regulares no Aeroporto Regional, a Azul Linhas Aéreas deu continuidade a sua instalação em Santo Ângelo.

Na última semana, ela já havia instalado um contêiner para manutenção das aeronaves. Empresas terceirizadas montaram os móveis no guichê de check-in, além de adesivar a marca da empresa que passará a realizar voos regulares, entre Santo Ângelo e Porto Alegre (diariamente, exceto aos sábados).

Na sala de embarque, foram colocadas 36 longarinas (poltronas) para os usuários, bem como um scanner para bagagem de mão e um pórtico detector de metais (que fazem parte do canal de inspeção). A Azul também disponibilizará cadeiras de rodas para deficientes.
Conforme o DAP, as obras de nivelamento constituem-se de 150 metros de faixa preparada, sendo 75 metros para cada lado do eixo da pista. A diretora do Deparamento, Lígia Villagran Barreto Alves, disse que aguarda o parecer conclusivo da Anac com o objetivo de obter o certificado do aeródromo. “Somente com este documento será possível liberar a operação da Azul Linhas Aéreas”.

A previsão é de que a certificação esteja garantida para a primeira semana de março. A partir daí, a Anac também autorizará à Azul a dar início a comercialização de passagens e a realização dos primeiros voos para abril.

ENCONTRO
EM BRASÍLIA
Nesta semana, o deputado Eduardo Loureiro (PDT), que foi o relator da Comissão Especial da Aviação Civil da Assembleia Legislativa, e o prefeito Jacques Barbosa, estiveram em Brasília para solicitar ao governo federal a agilização da análise do processo para que ocorra a certificação do aeroporto. As lideranças, acompanhadas pelo deputado Darcísio Perondi, se reuniram com a direção técnica da ANAC e com os ministros Eliseu Padilha, chefe da Casa Civil, e Osmar Terra, do Desenvolvimento Social.

O governo federal prometeu celeridade na tramitação. Para Loureiro, a liberação do Aeroporto de Santo Ângelo será uma conquista extremamente importante para a região das Missões. “O início das operações de voo vai trazer um impacto significativo no desenvolvimento de toda nossa região, que é distante dos grandes centros econômicos. O nosso desenvolvimento depende de uma infraestrutura logística de transporte adequada e isso passa pelo transporte aéreo”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here