Balanço mensal: Policiais do 7º RPMon realizam 36 prisões durante mês de maio

0
102

De acordo com Capitão Brilhante o RPMon atua através de uma análise criminal

O setor de segurança pública de Santo Ângelo mostrou à comunidade que está presente e coibindo a criminalidade. Isso porque ao longo do mês maio, ações de policiamento ostensivo e de preservação da ordem pública, realizadas pelos policiais do 7º Regimento de Polícia Montada (RPMon), resultaram em 36 prisões na área de responsabilidade territorial do Regimento.

De acordo com o Capitão Cristiano Brilhante, do 7º RPMon, os resultados são decorrentes de abordagens e patrulhamentos. “Estamos, há dois meses, intensificando a abordagem nos bairros. Grande parte dos presos são foragidos do albergue e outros já estão com mandado decretado. Estamos trabalhando também com um planejamento estratégico das guarnições. Elas estão divididas por setores. Dessa forma temos mais mobilidade e resposta rápida para atender as ocorrências. Se acontecer uma ocorrência em determinado bairro, a guarnição que se encontra no setor mais perto vai atender, trazendo mais agilidade”, destaca. As ações são mantidas através de uma análise criminal realizada pelo 7º RPMon que define locais e horários de maior necessidade da presença do efetivo policial.

As prisões realizadas em maio correspondem a 11 pessoas que eram foragidas da polícia; quatro prisões por tráfico de entorpecentes; 12 prisões pela prática furtos e roubos; três prisões por embriaguez ao volante; três prisões por violência doméstica; uma prisão por emissão de moeda falsa e mais duas prisões por tentativa de homicídio.

Ainda, na Operação Tentáculos, o 7º RPMon em apoio a Polícia Civil, levou a prisão de 10 pessoas por crimes relacionados a Entorpecentes. Foram lavrados ainda sete termos circunstanciados por posse de entorpecente.