Caçula é dispensado do comando técnico da SER Santo Ângelo

0
122

Não há previsão de quem será novo comandante do Clube

aldir Habowski, o Caçula, não é mais o técnico da SER Santo Ângelo. Conforme o presidente do Clube, Ricardo Timm, o treinador foi dispensado na terça-feira (22), por opção do próprio dirigente e por questões que envolvem o andamento da preparação do clube para o próximo ano. Conforme Timm, ainda não há previsão de quem será o novo comandante da equipe.

Na tarde de ontem, o técnico confirmou que não havia sido dispensado formalmente, apenas por telefone. Dessa forma, compareceu ao Estádio da Zona Sul para comandar o treinamento da equipe. Porém, ao chegar no local, de acordo com ele, o treino foi cancelado pelo presidente. Caçula atuou como treinador na SER Santo Ângelo na disputa da Copa Sub 19, sendo que foi gerente de futebol durante a disputa da Divisão de Acesso deste ano.

A SER Santo Ângelo tem jogo hoje pela última rodada da Copa Sub 19. O time santo-angelense enfrenta o Atlântico de Erechim, às 15h, no Estádio da Zona Sul. No entanto, não tem mais chances de classificação para a próxima fase, já que não alcançaria a pontuação do Inter-SM, último na zona de classificação com 11 pontos. Conforme o presidente Timm, ainda está sendo definido quem comandará a equipe nesta partida.

ASSEMBLEIA PARA APRECIAÇÃO DE CONTAS
Em discussão realizada na segunda-feira (21) o Conselho Deliberativo da SER Santo Ângelo discutiu a situação administrativa e financeira do clube e, como desdobramento, solicitou ao presidente Ricardo Timm, a apresentação de relatórios contábeis desde o início de sua gestão até a data de 31 de agosto deste ano. Conforme o presidente do Conselho Deliberativo, Zecarlos Libardoni, o presidente da SER tem até hoje para entregar o documento, que será apreciado pelo Conselho Deliberativo e Fiscal em Assembleia que ocorre na próxima segunda (28). Conforme Ribardoni, a solicitação da prestação de contas foi iniciativa de dois vice-presidentes do Clube.

Conforme o presidente da SER, Ricardo Timm, o processo é realizado todos os anos, normalmente em novembro, no final de campeonato. A previsão do dirigente é que o documento seja entregue no prazo.